Spaghetti, lazanha, pizza. Nesta época do ano, a poucos dias do Festival Italiano de Nova Veneza, são palavras que remetem diretamente às delícias do famoso evento gastronômico e cultural. Mas o que grande parte das pessoas não percebe, é que essas palavras, que já fluem naturalmente nas conversas dos brasileiros, têm origem no idioma italiano, uma língua bastante ativa no dia a dia de quem vive, estuda e trabalha em Nova Veneza, cidade distante apenas 29 quilômetros de Goiânia. No município, fundado por imigrantes itálicos em 1958, o italiano, assim como o português, é disciplina obrigatória na grade curricular dos alunos do ensino fundamental.

De tão popular que é em Nova Veneza, o idioma italiano acabou entrando até na programação oficial do Festival Italiano. Para marcar essa edição de debut do evento, os organizadores vão promover, no sábado, 8 de junho, uma aula show de italiano no Centro Cultural Pedro Peixoto, das 15h às 16h. O aulão tem entrada gratuita e aberta para todos os públicos, desde crianças a idosos. A aula será ministrada por professores da PUC Idiomas, na parceria que o centro de línguas da PUC Goiás fechou com a Associação Veneziana Pró Festival Italiano, que promove o evento em Nova Veneza. Não é necessária inscrição prévia. Basta entrar e participar da aula.

Coordenadora da PUC Idiomas e uma dos professores que lecionarão em Nova Veneza, Angélica Ayres diz que a atmosfera cultural do Festival Italiano e a própria afinidade entre os povos do Brasil e da Itália ajudam a despertar o interesse do público pelo idioma itálico. “Nessa aula, nós faremos uma sensibilização para a língua. A ideia é que as pessoas saiam de lá com algumas noções do idioma, como se apresentar e cumprimentar em italiano”, conta Angélica. Além dela, também estão escalados para a aula show os professores Pedro Lupo e Natália Dias de Aquino.

Angélica Ayres explica que o italiano, o português e o francês guardam semelhanças por serem todos eles originários do mesmo idioma, o latim. “Além disso, no caso do italiano, os brasileiros acabam incorporando o idioma da Itália, que é falado também em parte da Suíça, através das artes, da música, da gastronomia, do carnaval, da arquitetura, da bibliografia jurídica e de vários outros campos de interesse comum entre essas nações, que têm diversos acordos bilaterais em vigor e que há várias décadas recebem imigrantes uma da outra”, ressalta a professora. Angélica finaliza informando que a aula experimental de italiano em Nova Veneza será recheada de elementos visuais e músicas para tornar o encontro mais envolvente, dinâmico e produtivo.

Sobre o 15º Festival Italiano de Nova Veneza

O Festival Italiano de Nova Veneza já faz parte do calendário cultural do Estado de Goiás. Este ano, a 15ª edição do evento será realizada de 6 a 9 de junho na cidade de Nova Veneza, a 29 quilômetros de Goiânia. O município foi formado a partir da ocupação dos italianos no Brasil e, por isso, é considerado um pedaço da Itália no coração de Goiás. Toda a cidade envolve-se com a programação, que a cada ano reforça a identidade cultural dos moradores. No evento, a população local, da qual 60% é de descendentes de italianos, oferece ao público um cardápio recheado de gastronomia italiana, além de música, dança, esporte e artesanato típicos. Os organizadores do evento estimam que mais de 100 mil visitantes da Região Centro-Oeste do Brasil devem participar dos quatro dias de festa.

Programe-se para participar da aula show de italiano

8 DE JUNHO | SÁBADO

Local: Centro Cultural Pedro Peixoto – Nova Veneza (GO)

Horário: das 15h às 16h
Inscrições: gratuitas, não necessita inscrição prévia
Professores: Angélica Ayres, Pedro Lupo e Natália Dias de Aquino, da PUC Idiomas