3ª Mostra Cinema Psi ressalta problemas da sociedade moderna

O evento reúne profissionais renomados da saúde de 21 a 28 de agosto. Projeto visa promover a criação de uma leitura crítica no cinema

Só há uma maneira de crescer, ampliar a mente e expandir espaço emocional para nos tornarmos pessoas mais evoluídas: experienciando, vivendo e sentindo tudo isto de forma consciente.

 

Enquanto assistimos um filme ficamos fisicamente, externamente imóveis na medida que internamente nossa mente e emoção está em movimento intenso onde nos tornamos os personagens, vivemos suas ansiedades, seus sofrimentos, suas alegrias, angústias, felicidades e sonhos.

 

O fato de um filme conter em si possibilidades múltiplas de imagens metafóricas, fez-nos perceber a importância desta arte.

 

Mostra Cinema Psi “A dor e a delícia de existir”, em sua terceira edição, unifica a sétima arte com a psicanálise, psicologia e psiquiatria.

 

Neste ano, a abertura do evento acontece no dia 21 de agosto com a pediatra, colunista do G1 e consultora da Rede Globo, Drª Ana Escobar, com a palestra sobre o tema “Uso da Tecnologia e sua Interferência na Primeira Infância”. O evento, que vai até o dia 28 de agosto, conta com doze palestrantes e com a exibição de doze filmes e um curta-metragem.

 

Entre os longas, está a obra do cineasta Pedro Almodóvar, “Dor e Glória”, que mantendo a tradição da Mostra Psi, será tema do debate com a Drª Alessandra Rocha, psicanalista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise.

 

Ainda contaremos com profissionais locais que são referência em suas áreas de Psicologia, Psiquiatria, Psicanálise e Jornalismo, debatendo os temas inseridos em cada filme.

 

Já participaram das edições anteriores a monja budista brasileira, Monja Cohen, os psicanalistas Cristian Dunker, Contardo Calligaris e Regina Navarro, além do filósofo Luiz Felipe Pondé.

 

 

A MOSTRA

O objetivo da Mostra é auxiliar na compreensão do mundo utilizando para isto não só o conhecimento das técnicas do cinema mas também quanto aos conceitos psíquicos que embasam toda a discussão.

Idealizada pelo Diretor da rede de Cinemas Lumière, Gerson Santos, em 2017, a “Mostra Cinema Psi” visa oferecer para o público um amplo painel sobre a saúde mental (Psicanálise, Psicologia e Psiquiatria) através do cinema. Segundo Gerson, sobre a importância do projeto: “estamos vivendo a década da depressão, suicídio, solidão…momentos como este servem para troca de experiências, esclarecimentos e fazer amizade acima de tudo…dar sentido às coisas da vida”.

O evento tem a curadoria do professor de cinema da Universidade Federal de Goiás, Lisandro Nogueira.

 

SERVIÇO – 3ª Mostra Cinema Psi

Onde: Cinemas Lumière Banana Shopping – Avenida Araguaia, 376, Centro. Goiânia – Goiás.

Quando: 21 a 28 de Agosto de 2019

Ingressos: www.cinemaslumiere.com.br

 

VALORES INGRESSOS BILHETERIA
Palestra Dra. Ana Escobar  Inteira R$ 140,00 Meia R$ 70,00 Meia para todos Beneficiários Unimed e Clube Assinante O Popular R$ 65,00
Filmes sem Debate Inteira R$ 24,00 Meia R$ 12,00 Meia para todos Beneficiários Unimed e Clube Assinante O Popular R$ 10,00
Filmes com Debate Inteira R$ 40,00 Meia R$ 20,00 Meia para todos Beneficiários Unimed e Clube Assinante O Popular R$ 15,00

 

 

Programação 3ª Mostra Cinema Psi – A Dor e a Delícia de Existir
21 A 28/08/2019
LOCAL SALA 03
21/Ago – Quarta Curta – Astigma /19:00H – Conversa com Ana Escobar
LOCAL SALA 02
22/Ago – Quinta 14:30H– Um Amor Impossível 17:10H – Eu não sou uma bruxa 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e Obsessão 20:50H – CONVERSA com Cristiano Pimenta e Ceres Leda
23/Ago – Sexta 14:30H –  Dafne 16:30H – Jornada da Vida 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e Dor e Glória 21:00H – CONVERSA com Alessandra
24/Ago – Sábado 14:30H – Rafiki 16:30H – Obsessão 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e This is England 20:30H – CONVERSA com Ruskaya Maia
25/Ago – Domingo 14:30H –  Relatos do Front 16:30H – Jornada da Vida 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e Um dia 20:50H – CONVERSA com Camila Fleury e Maysa Balduino
26/Ago – Segunda 14:30H – Dafne 16:30H – Um Amor Impossível 19H – Rafiki 21H – Relatos do Front
27/Ago – Terça 14:30H – Eu não sou uma bruxa 16:30H – Dor e Glória 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e Divino Amor 20:55H – CONVERSA com Cileide Alves e Fabiana Pulcinelli
28/Ago – Quarta 14:30H – Um dia 16:30H – Divino Amor 19h  –  Astigma (Curta-metragem) e Primos 20:35H – CONVERSA com Lenise Borges, Thiago Cazado e Mauro Carvalho

 

 

 

FILMES

  1. Um amor impossível (A2 Filmes)

No final dos anos 50, em Châteauroux, Rachel, uma funcionária de escritório, conhece Philippe, um jovem brilhante de uma família burguesa. Desta breve relação, nasce uma menininha, Chantal. Philippe se recusa a casar com alguém fora de sua classe social e Rachel terá que criar a filha sozinha. Porém, uma batalha de mais de dez anos na justiça pode acabar com a sua vida e a de sua filha.

 

  1. Eu não sou uma bruxa (Imovision)

Depois de um incidente banal em sua vila, a menina de 8 anos Shula (Maggie Mulubwa) é acusada de bruxaria. Depois de um rápido julgamento, a garota se torna culpada e é levada em custódia pelo Estado, sendo exilada para um campo de bruxas no meio do deserto. No local, ela passa por uma cerimônia de iniciação em que aprende as regras da sua nova vida como bruxa. Como as outras residentes, ela é amarrada em uma grande árvore, sendo ameaçada de ser amaldiçoada e de se transformar em uma cabra caso corte a fita.

 

  1. Obsessão (Galeria Distribuidora)

Frances (Chloë Grace Moretz) é uma jovem mulher cuja mãe acaba de falecer. Recém-chegada em Manhattan e cheia de problemas com o pai, ela divide apartamento com a amiga Erica (Maika Monroe) e trabalha como garçonete de um luxuoso restaurante. Um dia, voltando para casa, Frances encontra uma bolsa abandonada em um dos assentos do metrô, e, ao devolvê-la, acaba iniciando uma amizade improvável com a dona do acessório, uma senhora viúva chamada Greta (Isabelle Huppert). Os problemas começam a surgir quando Frances percebe que a necessidade de atenção de Greta é muito mais perigosa do que ela imaginava.

 

  1. Dafne (Pagu Pictures)

Dafne (Carolina Raspanti) é uma determinada e talentosa jovem com Síndrome de Down que, logo após a morte de sua mãe, precisa aprender a se conciliar com o seu pai, com quem nunca teve uma convivência exemplar. Percebendo que só possuem um ao outro, eles precisam aprender a compreender suas próprias diferenças.

 

  1. Jornada da Vida (California Filmes)

Um ator francês (Omar Sy) de descendência senegalesa faz uma viagem à África para promover o seu livro. No local, descobre que um de seus maiores fãs é Yao, um garotinho que efetuou uma longa viagem sozinho para vê-lo. Comovido com a história do menino, decide acompanhá-lo de volta à sua casa, e no percurso, confronta-se às suas próprias raízes.

 

  1. Dor e Glória (Universal Pictures)

Salvador Mallo (Antonio Banderas) é um melancólico cineasta em declínio que se vê obrigado a pensar sobre as escolhas que fez na vida quando seu passado retorna. Entre lembranças e reencontros, ele reflete sobre sua infância na década de 1960, seu processo de imigração para a Espanha, seu primeiro amor maduro e sua relação com a escrita e com o cinema.

 

  1. Rafiki (Olhar Distribuição)

Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva) são grandes amigas e, embora suas famílias sejam rivais políticas, as duas continuaram juntas ao longo dos anos, apoiando uma a outra na batalha pela conquistas de seus sonhos. A relação de amizade transforma-se em um romance que passa a afetar a rotina da comunidade conservadora em que vivem. As jovens terão que escolher entre experienciar o amor que partilham, ou se distanciar em função de uma vida segura.

 

  1. This is England

Inglaterra, verão, 1983. Shaun (Thomas Turgoose) tem doze anos e é um menino solitário até o dia em que cruza com um grupo de skinheads liderado por Woody (Joseph Gilgun). Adotado pela gangue, ele conhece uma nova vida repleta de festas, estilo, racismo, xenofobia e violência.

 

  1. Relatos do Front (ArtHouse)

Enquanto o Rio de Janeiro vive um de seus momentos mais difíceis em relação a segurança pública, aqueles que convivem diariamente com a violência e o medo da morte fazem de tudo para que consigam sobreviver mais um dia. De policiais militares até simples moradores: todos são vítimas de um problema que é analisado por sociólogos, historiadores e advogados, na tentativa de entender como esta guerra começou.

 

  1. Um dia (Zeta Filmes)

Anna, mãe de três filhos, está sempre correndo: do trabalho para o berçário, a escola, o balé, a aula de esgrima. Como se não bastasse, ela suspeita que está sendo traída pelo marido. Seus problemas são bastante comuns, mas Anna simplesmente não tem tempo para parar e refletir sobre eles, que se acumulam continuamente, ameaçando esmagá-la. Ela precisa ter muita energia para seguir em frente.

 

  1. Divino Amor (Vitrine Filmes)

Joana (Dira Paes) trabalha como escrivã em um cartório e, profundamente religiosa e devota à ideia da fidelidade conjugal, sempre tenta demover os casais que volta e meia surgem pedindo o divórcio. Tal situação sempre a deixa à espera de algum reconhecimento, pelos esforços feitos. Entretanto, a situação muda quando ela própria enfrenta uma crise em seu casamento.

 

  1. Primos (Maca Distribuidora)

O jovem Lucas (Paulo Sousa) vive com a religiosa tia Lourdes (Juliana Zancanaro) em uma pacata cidade do interior. Ele ajuda a tia a promover os cultos com as beatas da região, na sala de casa, tocando cânticos bíblicos no teclado. Esta vida pouco agitada estará com os dias contados a partir do momento em que a caridosa tia comunica a chegada de mais um sobrinho, Mário (Thiago Cazado), recém saído da cadeia. O choque de realidade entre os primos acaba rendendo não só situações pra lá de inusitadas, como também uma inesperada atração entre os rapazes.⠀

 

O CURTA-METRAGEM

Astigma – Resenhas Experimentais, produzido pela cineasta Tainá Pompêo, é um curta-metragem que apresenta uma proposta de uma viagem ao inconsciente humano através de uma instigante ficção musical. A disputa entre humanidade e tecnologia é retratada sob um contexto urbano coreografado de suspense e indagações. Com a presença de bailarinas da Quasar Cia de Dança, a narrativa se baseia em uma agitada noite de sono da personagem Anna-Belle, vivida por Vanessa Oliveira que, em meio a duvidas e anseios, vasculha sua consciência em busca de prismas intuitivos em uma magnetização cheia de possibilidades, reflexões e surpresas.

Tainá Pompêo

Natural de Goiânia, a cineasta poliglota Tainá Pompêo, é Engenheira Civil pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pós-graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Estudou e atuou em diversas frentes em economia, finanças, marketing, comunicações internacionais, cinema e diversidade cultural nos Estados Unidos, França, Espanha, Rio de Janeiro e Brasília.  Dedicada desde jovem, Tainá foi premiada nas Olimpíadas Brasileiras de Física, com apenas 15 anos de idade.

A jovem cineasta assina a direção do curta metragem reflexivo  « Darãn-gà (2017) » e da ficção musical « Astigma (2019)».

PALESTRANTE:

DRA. ANA ESCOBAR:

Professora Livre Docente do departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; Coordenadora da disciplina de Pediatria Preventiva e Social do departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da USP; Autora de 4 livros na área da Pediatria; Autora dos Livros Boas Vindas Bebê 1, 2 e 3; Consultora do Programa Bem Estar diário, da Rede Globo de Televisão; Embaixadora do Instituto Horas da Vida; Embaixadora oficial da saúde da APAE de São Paulo; Editora da Revista Crescer; Editora da Revista Clinics; Colunista do Portal G1/Globo.

 

DEBATEDORES:

Cristiano Pimenta

Graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo; Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade de Brasília; Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise.

 

Ceres Lêda Félix Rubio

Psicanalista Especialista em Psicologia da Saúde Especialista em Clinica Psicanalítica;Especialista em Educação Infantil-Psicóloga da Secretaria Estadual de Saúde desde 1996; Atendimento em consultório clínico psicanalítico; Coordenadora Geral da Delegação GO DF da EBP;Coordenadora do Laboratório em Formação do CIEN – Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Criança – “Entreoutros no Mundo Virtual”.

 

Alessandra Thomaz Rocha

Psicanalista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise; Especialista em Saúde Mental pela Escola de Saúde Pública de Minas Gerais; Mestre em Psicologia/Estudos psicanalíticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);Doutora em Psicologia /Psicanálise pela UFMG; Professora de psicologia e psicanálise na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (Puc-Minas)

 

Ruskaya Maia

Psicanalista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise; Mestre em Psicologia Clínica pela UnB; Especialista em  Teoria da Psicanálise de Orientação Lacaniana pelo IPB/Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Camila Fleury

Psicóloga pela PUC-GO; Mestre em Educação pela UFG; Psicanalista vinculado ao Grupo de Estudos Psicanalíticos de Goiânia (GEPG),  à International Psychoanalytical Association (IPA) e à Federação Brasileira de Psicanálise (FEBRAPSI).

 

Maysa balduino

Psicóloga PUC-Rio; Psicanalista formada pelo instituto da Sociedade Brasileira de psicanálise do Rio de Janeiro; Membro Associado do Grupo de Estudos Psicanalíticos de Goiânia; Professora de Freud na Residência de Psiquiatria da Pax Clínica.

 

Cileide Alves

Jornalista formada pela UFG e mestre em História pela mesma universidade;

Cursou o Master em Jornalismo para Editores do Instituto Internacional de Ciências Sociais (IICS), em São Paulo, realizado em parceria com a Universidade de Navarra;  É coapresentadora do programa do Manhã Sagres, na Rádio Sagres 730, do podcast Sagres PodFalar; Colunista política no jornal O POPULAR.

 

Fabiana Pulcinelli

Repórter de Política do jornal O Popular; Colunista da rádio CBN Goiânia no programa Papo Político; Tem blog de cobertura política no Popular; Formou-se em Jornalismo na Universidade Federal de Goiás (UFG) e é estudante de Direito atualmente na mesma universidade; No O Popular desde 2006, já teve colunas de análise política e de eleições na internet; Trabalhou no Diário da Manhã, onde foi repórter de Cidades e Política e subeditora de Política.

 

Lenise Borges

Psicóloga; Psicoterapeuta; Professora e Pesquisadora na Graduação e Pós-graduação no curso de Psicologia da PUC/Goiás; Fundadora  do Grupo Transas do Corpo.

 

Thiago Cazado e Mauro Carvalho

SOBRE A DUPLA:

Amigos de longa data, Mauro e Thiago unem suas forças artísticas no cinema desde 2013. Mauro Carvalho, o fotógrafo, e Thiago Cazado, o ator e roteirista. O primeiro longa, “Sobre Nós” (2016) teve a proeza de ser disputado por distribuidoras internacionais e hoje é distribuído mundialmente pela Outplay Films (França) e TLA Releasing (EUA). Sua versão pirata no Youtube chegou a bater 2 milhões de visualizações, projetando nacionalmente o trabalho dos diretores. Além do longa, alguns de seus curtas-metragens, como “Tenho Local”, “Para Eric”, “WC Masculino” e “Gorjetas”, ajudaram a popularizar o trabalho dos cineastas, somando juntos mais de 4 milhões de visualizações.

 

A EMPRESA

Há 25 anos no mercado, a Rede de Cinemas Lumière é brasileira e tem sua sede em Goiânia – GO. Com o objetivo de levar a alegria do cinema, para todos, possibilita um mergulho cultural na sétima arte. A empresa possui, hoje, 12 unidades, sendo elas cinco em Goiânia (*Shopping Bougainville, Araguaia Shopping, Portal Shopping, Shopping Portal Sul e Banana Shopping), e também nas cidades de Catanduva-SP (Garden Shopping), Maceió-AL (Shopping Farol), Ponta Grossa-PR (Shopping Total), Londrina-PR (Royal Plaza Shopping), Palmas-TO (Palmas Shopping), Luziânia-GO (Luziânia Shopping) e Catalão-GO (Catalão Shopping).

*Unidade do Shopping Bougainville está indisponível temporariamente.

 

Fonte: Targ Comunicação Integrada  (editado)