Quem nunca sonhou com a casa própria? Talvez o dinheiro não seja suficiente para comprar uma casa grande, mas é possível transformar um pequeno apartamento em um enorme coração de mãe. Os apartamentos do Residencial Porto Dourado, da  Vila Brasil Engenharia, oferecem esse clima em 46 metros quadrados, com uma decoração sofisticada e projetada sob medida pela arquiteta Taísa Aun.

Localizado na região Sudeste de Goiânia, o empreendimento é contemplado com os programas de incentivo do Governo Estadual, pela Agehab, e do Governo Federal, pelo Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e estão com inscrições abertas para a última etapa pelo aplicativo Vila Brasil, até 11 de abril. Através da ferramenta é possível também conhecer o decorado modelo.

Para acolher confortavelmente uma família, a principal dica da arquiteta é optar por cores claras, seja nas paredes, ou nos móveis. Também é importante optar por móveis menores e em menor quantidade. “Sempre que possível utilize móveis planejados e multifuncionais. Nas camas, por exemplo, temos opção de compartimentos embaixo, ideais para guardar roupas de cama e toalhas que geralmente ocupam muito espaço”, destaca Taísa.

Outra opção para deixar o apartamento mais espaçoso, segundo a especialista, é utilizar diferentes texturas com tons claros, que transmitem afetividade, como branco, cinza e bege. “Uma boa ideia para “alongar” o ambiente é utilizar papel de parede em uma parede maior, assim como a iluminação no teto que dá uma sensação de amplitude”, frisa.

A especialista pontua ainda que objetos com listras verticais dão a impressão que o pé direito é maior, assim como as cortinas que devem ter comprimento do teto ao chão. Taísa lista como os itens queridinhos os espelhos e móveis transparentes. Ela explica que estes itens, além de não comprometer a decoração, contribuem para a transição de ambientes.

Empreendimento

O apartamento decorado está instalado na Avenida Rio Verde, de frente para o Terminal Cruzeiro, onde está o ponto de atendimento do Porto Dourado. O empreendimento é construído pela Vila Brasil Engenharia, empresa do Grupo Toctao, contando com recursos do Governo de Goiás pela Agência Goiana de Habitação (Agehab) e do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), do Governo Federal.

Famílias que ganham até R$ 3.135 (três salários mínimos) podem se candidatar a receber dois subsídios para adquirir o apartamento. Além do MCMV, é possível receber o subsídio de R$15 mil através do programa habitacional do governo estadual. “Com os dois subsídios, o comprador pode receber até R$ 38,2 mil para adquirir o apartamento, mas os participantes devem preencher alguns pré-requisitos como não ter restrição cadastral, morar e trabalhar há pelo menos três anos na Região Metropolitana de Goiânia, ter família composta por, pelo menos, duas pessoas, e não ser proprietário de outro imóvel”, esclarece a correspondente bancária Maria Amélia Alves e Silva.

O Residencial Porto Dourado está em sua terceira e última etapa, com prazo de inscrição somente até o dia 11. A primeira etapa foi entregue em junho de 2019 e a segunda etapa tem entrega prevista para maio de 2021. Os condomínios estão localizados na região Sudeste de Goiânia, saída para Aragoiânia. Com 416 unidades divididas em 26 blocos, condomínio conta com apartamentos de 46,28m², com dois quartos, banheiro, sala, cozinha, área de serviço e garagem. O empreendimento tem ainda área de lazer completa, com estação de ginástica, piscinas adulto e infantil, zona fitness, ducha, sauna, brinquedoteca, salão de festas, praça, churrasqueiras, playground e campo gramado.

Destaque no que diz respeito à qualidade da construção, toda obra do residencial é executada de acordo com o Sistema de Gestão Integrado (SGI) do Grupo Toctao que, por sua vez, é baseado nas certificações de qualidade (ISO 9001), ambiental (14001), de saúde e segurança (OSHAS 18001). O primeiro condomínio já entregue, o Porto Dourado I, tornou-se um case no Estado em qualidade e acabamento.