Depois da grande repercussão e de impressionar os espectadores, a exposição Goianidades Isolantes, primeira mostra de Tape Art do Estado de Goiás, foi prorrogada até o dia 8 de dezembro. O encerramento da exposição estava previsto para o dia 29 de novembro, e como gratidão à receptividade do público, jovens talentosos artistas Jullyanderson Carvalho, 30, e João Paulo Pigosso, 25, os goianos representantes dessa habilidade, oferecem no sábado uma Live Art solidária para o público.

Eles vão montar um quadro ao vivo, o chamado Live Art, nos dias 7 e 8 de dezembro, das 14h às 18h. A obra, intitulada, “Portal Botânico”, tem 145cm por 100cm. Além de acompanhar o processo criativo, o público poderá contribuir com a instituição ‘De Mãos Dadas’, que abriga carentes, doando dois litros de leite como ingresso. 

Quem contribuir, concorrerá a um sorteio a obra “Dimensões Botânicas”,  composta por arte floral e geométrica, no tamanho de 50cm x 60cm. No local, o visitante poderá ainda apreciar as 13 obras desenvolvidas pela dupla, que faz arte a partir de fitas adesivas, criando formas monocromáticas, coloridas, listradas, de poá, estampadas, com textura ou lisas, abrindo um leque de possibilidades de uso em diversas superfícies. 

Governador encantado!

A arte com fitas de Jullyanderson Carvalho e João Paulo Pigosso caiu nas graças até mesmo o governador de Goiás. No último domingo, Ronaldo Caiado estava andando de bicicleta na Praça Cívica e entrou, despretensiosamente, no Museu de Imagem e Som e se deparou com a exposição dos jovens artistas.

Eles contam que o governador ficou admirado com os quadros. “Ele ficou muito encantado com os detalhes até achou que alguma coisa fosse pincel! O governador queria até sentir a textura das obras e ficou chateado porque o quadro do Abaporu já estava vendido”, conta João Paulo. 

A Comunicação Sem Fronteiras é incentivadora desse projeto.

Serviço
Exposição: Goianidades Isolantes – I Exposição de Tape Art de Goiás
Data: 7 e 8 de dezembro, 14h – 18h
Local: MIS – Museu de Imagem e Som – Praça Cívica, 2, Setor Central.