Hartley Sawyer, ator da série The Flash, foi demitido da produção após uma série de comentários ofensivos ressurgirem na internet. Os tweets foram publicados em sua conta no Twitter entre os anos de 2000 e 2010. Embora sejam antigos, o teor extremamente ofensivo dos posts fez com que os produtores do seriado da The CW decidissem pela demissão.

Os tweets apresentavam comentários racistas, homofóbicos e misóginos. Em um dos comentários, Sawyer afirmou que “se tivesse uma esposa, bateria nela esta noite”.

No dia 30 de maio, o ator de The Flash publicou um pedido de desculpas no Instagram, dizendo ter se arrependido dessas “tentativas horríveis de chamar a atenção”. Porém, na segunda-feira seguinte, a The CW e a Warner Brothers decidiram pela demissão.

A conta de Hartley Sawyer no Twitter foi excluída pouco antes da publicação do pedido de desculpas no Instagram.

Como a demissão do ator de The Flash pode afetar a série?

Segundo as produtoras, nenhum dos envolvidos na produção de The Flash compactuam com comentários que são ofensivos, sejam eles relacionados à sexualidade, gênero, etnia ou qualquer outro assunto que possa ofender alguém.

Já que os tweets vão totalmente na direção contrária das políticas éticas e de valores da emissora, afastar Hartley Sawyer do elenco de The Flash foi a decisão mais acertada. O ator era responsável pelo papel de Ralph Dibny, também conhecido como Home Elástico (Elongated Man), desde 2017.

Até o momento, Sawyer não fez nenhum pronunciamento adicional em relação ao conteúdo dos tweets ou ao afastamento da série. Os comentários ressurgiram na internet em meio à onda de protestos contra a repressão policial e o racismo nos Estados Unidos.