Há pouco mais de dois anos na Rússia, a jornalista brasileira Carolina Tulim já começa a se destacar em terras longínquas. Ela foi uma das artistas selecionadas para expor suas fotografias na Russian Academy of Art – sob a curadoria de Grigory Bogomolny. Fundada em 1757, a Academia Russa de Artes é considerada a mais antiga e importante escola superior de artes do país.

A jovem jornalista, por sua vez, é uma comunicadora nata. Cursou Comunicação Social na PUC-GO, em Goiânia, e trabalhou em diversos veículos de imprensa, como o Diário da Manhã e o Jornal de Brasília. Também atuou na assessoria de imprensa no Congresso Nacional. Sua paixão por fotografia começou ainda muito jovem, enquanto manuseava a antiga máquina Pentax de seu pai, que na juventude também havia sido fotógrafo.

Casada com o diplomata Bruno Quadros e Quadros, já viajou para mais de 40 países e pôde, nesse processo, apurar sua vivência e seu olhar, além de conectar-se a diferentes povos e culturas nos lugares mais inóspitos do planeta. “Ver o mundo me aguçou os sentidos”, declara Carolina, que registra cada novo lugar com uma perspectiva jornalística e pessoal.

A exposição da qual fará parte, em Moscou, incluirá diversos formatos e técnicas, em especial, pintura e fotografia. Carolina apresentará ao público seu olhar da mais recente viagem que fez, à Ásia Central, onde conheceu o Quirquistão e o Uzbequistão. “Nas imagens que fiz, tentei capturar a essência, as raízes e as riquezas imateriais desses povos tão pouco conhecidos”, explica a jornalista.

Participarão da mostra, representantes de nove países, incluindo artistas do Brasil, Itália, Vietnã, Malta, Iêmen, Guatemala, Tajiquistão, Brunei e Paraguai. A exposição ocorrerá em novembro na galeria do respeitadíssimo artista russo-georgiano Zurab Tsereteli, uma das mais importantes e concorridas de Moscou. “Tenho imenso prazer em fotografar e participar da exposição me dá a oportunidade de compartilhar as incríveis experiências que tenho vivido”.

Carolina transformou seu perfil no Facebook em uma espécie de diário, onde compartilha seus registros pessoais e depoimentos feitos sobre esses lugares. Também divulga seus trabalhos no Instagram: @carolinatulim.