Goiânia agora tem a opção de atender a população de baixa renda que não tem condições de pagar o SUS (Sistema Único de Saúde) ou não depender de planos de saúde. Sim isso mesmo, a iniciativa uniu 14 médicos que abriram na capital a Clínica popular, a Dr. & Cia. Com preços entre 80 e 100 reais — que podem ser divididos em até dez vezes — as consultas podem ser marcadas por telefone e pelo site da unidade.

São oferecidas 15 especialidades: clínica médica, cardiologia, dermatologia, ginecologia, obstetrícia, pediatria, endocrinologia, urologia, psiquiatria, cirurgia geral, otorrinolaringologia, cirurgia vascular, ortopedia, odontologia e psicologia. O atendimento odontológico começa a ser realizado em fevereiro e, em breve, haverá profissionais de neurologia, oftalmologia e nutrologia.

Segundo o diretor geral da Dr. & Cia, Jaime Ferreira, a intenção do grupo é se tornar referência em Goiânia. “O objetivo da clínica é atender a população de baixa renda, que não tem plano de saúde e não tolera mais a forma como funciona o SUS. Cuidamos de nossos pacientes com empatia, ética, respeito, entendendo que somos uma parte deles e eles uma parte da clínica”, explicou.

Jaime ressaltou que o modelo empregado é novidade em Goiânia. Além das consultas são feitos exames laboratoriais de imagem e cardiológicos. A clínica oferece, também, pacotes que abrangem consultas e exames para quem deseja fazer check-up.

Todos os pacientes serão atendidos com hora marcada, não havendo atendimento de emergência. O paciente solicita um horário — em no máximo cinco dias úteis — e marca a consulta, que será confirmada por mensagem de texto. O tempo de espera para atendimento na clínica é de cinco minutos. O retorno, caso haja necessidade, deve ser feito dentro de 15 dias.

A unidade fica no Setor Pedro Ludovico e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e no sábado das 7 às 13 horas.