O ator Cole Sprouse, que interpreta o Jughead Jones na série Riverdale, revelou em seu perfil no Instagram que foi preso no último domingo (31) quando protestava pacificamente nas ruas de Santa Mônica, Califórnia, contra a morte de George Floyd.

A morte brutal do homem afro-americano por um policial branco de Minneapolis no último dia 25 de maio mobilizou a população americana, inclusive vários artistas. Sprouse falou em sua postagem sobre uma série de eventos que levaram à sua prisão.

 “Um grupo de manifestantes pacíficos, inclusive eu, foi preso ontem em Santa Monica. Portanto, antes que a horda voraz de sensacionalismo da mídia decida transformar isso, de alguma forma, em algo sobre mim, há uma clara necessidade de falar sobre as circunstâncias: Vidas Negras Importam.”

O ator faz questão de destacar que “paz, tumultos, saques são uma forma absolutamente legítima de protesto”. Ele reconhece que foi detido em solidariedade aos demais participantes. “Nos foi dada a opção de sair e fomos informados de que, se não recuássemos, seríamos presos”.

Quando os manifestantes se viraram para sair, encontraram outra equipe de policiais bloqueando a rota que os amarraram, inclusive o ator.

Cole Sprouse: ator de Riverdale incentiva seguidores a participar do #BlackLivesMatter

Cole Sprouse não quer passar a impressão de que quer fazer do relato uma exibição tipo “homem branco hetero e figura pública”, mas para deixar claro que, mesmo em protestos pacíficos, qualquer pessoa pode sofrer consequências institucionais.

No entanto, “este é, e será”, afirma o ator, “o momento de permanecer firme ao lado das pessoas à medida que a situação se agrava, fornecendo apoio educado, demonstrando e fazendo a coisa certa”.

Cole Sprouse encerra a postagem convidando seus seguidores a se ligarem no movimento #BLM (Black Lives Matter) através dos links postados em seus stories.