A China tem se firmado cada vez mais como um grande mercado para o cinema mundial nos últimos anos, tendo movimentado US $ 9,2 bilhões em 2019. Um número muito próximo aos valores alcançados pelo maior mercado do segmento, os Estados Unidos, que em 2019 teve uma arrecadação de US $ 11,4 bilhões.

Juntos, os dois países são responsáveis por praticamente metade de toda a bilheteria mundial, que movimentou um total de US $ 42,5 bilhões no ano passado ao redor do mundo.

No entanto, o cenário de surto causado pelo novo coronavírus, que já matou mais de 100 pessoas no país asiático, pode impactar negativamente na arrecadação em 2020, pois as quase 70 mil salas de cinemas da China foram fechadas pelo governo.