Comuns nas grandes metrópoles, os terraços e mirantes localizados nos últimos andares de arranha-céus instigam a curiosidade das pessoas pela vista surpreendente que proporcionam. Goiânia, que viveu sua modernização urbana em meados dos anos de 1970, com a construção dos primeiros condomínios verticais, também está definitivamente nessa era.

Um exemplo é o Kingdom Park Residence, que está em fase final de construção ao lado do Parque Vaca Brava. Com 175,09 metros de altura e com 52 pavimentos,  o edifício é construído pela Sim Engenharia em parceria MA Incorporadora e a J Virgílio Imóveis. O prédio será a maior torre residencial do Centro-Norte do Brasil e, segundo a Revista Vamos da Latam, o quinto maior da América Latina.

A torre, que será entregue em dezembro, vai ser utilizada para um treinamento de salvamento em altura do Corpo de Bombeiros, na terça-feira, 15 de outubro. “Prédios com grandes alturas exigem mais qualificação e capacitação nas situações de resgate”, diz o Tenente Coronel Caramaschi, porta-voz do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás.

Segundo ele, com a crescente verticalização da cidade e a notória elevação na altura dos prédios, a corporação passa a ter uma preocupação preventiva com a possibilidade salvamento em altura. “O número de ocorrências em alturas não aumentou, mas queremos estar preparados caso isso aconteça”, disse ao explicar que, graças a esse cuidado com capacitação, o Estado de Goiás se tornou referência em neste tipo de  salvamento. 

O treinamento, que acontece no Kingdom Park Residence na terça-feira, a partir das 13h30,  faz parte de um curso com dois meses de duração, que está em andamento. Entre as ações que serão colocadas em prática estão amarrações com corda , ancoragens, salto, rapel e montagens de sistemas de salvamento avançado. 

O Tenente Coronel destaca que o curso é referência na América Latina e tem inscritos de outros estados,  países e de outras instituições. “Profissionais do Corpo de Bombeiros de Goiás, São Paulo, Rondônia, Acre, Ceará, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Amapá e da Argentina estão aqui para aprender técnicas de salvamento em altura”, disse Caramaschi ao informar que são 41 participantes, entre eles Membros da Força Aérea Brasileira, da Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros da Argentina.

Doações

Durante a realização do treinamento, o empresário Paulo Silas, diretor da Sim Engenharia, empresa responsável pela construção do Kingdom Park Residence, efetuará doação de dois rolos de corda Task, específica para salvamento em altura, para o Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás. Cada rolo tem 200 metros de comprimento, que são suficientes para realizar salvamento da cobertura de prédios como o Kingdom, que é o mais alto do centro-norte do Brasil.

Segundo o Tenente Coronel Caramaschi, não existe salvamento em alturas sem as cordas especiais.  “São elas que garantem a segurança do bombeiro e de quem está sendo salvo”, enfatizou, ao lembrar que não existia até então, esse aparato com esse tamanho específico no Corpo de Bombeiros em Goiás.

Serviço:

O que: Treinamento de Salvamento em Altura do Corpo de Bombeiros

Quando: Terça-feira, 15 de outubro

Horárío: A partir das 13h30

Onde: Kingdom Park Residence

Endereço: Rua C-248 – Quadra 576 – Lotes 18/22 – St. Nova Suica, Goiânia – GO, 74290-220

 

Tropa – Foto: ST Dennis/CBMGO