Está a procura de um lugar para morar mas não tem apego por mobília nem quer ter trabalho com a mudança? Saiba que você não está sozinho. O nicho dos imóveis mobiliados é um dos que mais cresce no mercado de locação no País.

Em Goiânia a URBS Imobiliária já registrou um crescimento de 20% na locação de imóveis mobiliados entre os meses de março e agosto. Gyselle Rodrigues Campos, gerente comercial da URBS, explica: “Normalmente o público que opta por esses imóveis são estudantes, recém-separados, pessoas em busca de independência e profissionais transferidos para outras cidades a trabalho. Eles querem praticidade e conforto, e não querem investir em mobília.

Também segundo Gyselle a maior procura de mobiliados é por unidades de 1 ou 2 quartos, principalmente na região do Shopping Flamboyant, como o Jardim Goiás e o Alto da Glória, seguidos pelo Bueno e Marista. Os valores dessas unidades, quando comparados aos de imóveis sem mobília, costuma ser 15% a 50% maior dependendo do acabamento, quantidade e qualidade dos móveis, presença de eletrodomésticos e  padrão da decoração. A procura é grande tanto para diárias quanto para aluguéis semanais ou mensais, e a taxa de ocupação atual gira em torno dos 70%.

Incorporadoras incrementam serviços para quem busca renda com a locação

Certos empreendimentos contam com soluções diferenciadas para facilitar a vida tanto de quem oferece quanto de quem procura imóveis mobiliados. No Hub Compact Life, empreendimento no Setor Bueno, a City Soluções Urbanas oferece o Kit Decor, que permite a entrega do apartamento completamente mobiliado e com armários planejados, e o City Rent, serviço oferecido a investidores que não querem se preocupar com o processo de locação – desde a identificação dos inquilinos até vistorias e manutenção.

Tendência já chega a Anápolis

O modelo de locação mobiliada também já chega a cidades de porte médio como Anápolis, a 55 km de Goiânia, com cerca de 400 mil habitantes. O Gran Life Complex é um exemplo: complexo que inclui hospital, centro clínico, shopping e uma torre residencial, ele oferece aos proprietários a opção de entrega das unidades já mobiliadas. Os apartamentos já mobiliados serão opção tanto para os profissionais de saúde de outras cidades que atenderão no hospital instalado no complexo Gran Life quanto para pessoas que virão à cidade fazer algum tratamento e precisarão de um lugar pronto para ficar. A previsão de entrega das unidades residenciais é 2023.