O setor de viagens começa a sair da quarentena, dando sinais de recuperação gradativa a tempo de aproveitar o período de alta temporada das férias de verão. Com toda cautela e segurança que o momento exige, a CVC, maior operadora de viagens do país, foca na retomada das viagens domésticas e anuncia a volta da sua operação de voos fretados.

De 19 de dezembro a 31 de janeiro de 2021, serão 150 voos extras (25 por semana) que decolarão das cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José do Rio Preto (SP), Belo Horizonte (BH), Porto Alegre (POA), Londrina (PR), Brasília (BSB), Cuiabá (MT) e Goiânia (GYN), rumo os principais destinos turísticos do Nordeste, como as cidades de Jericoacoara (CE), Maceió (AL), Natal (RN) e UNA/Comandatuba (BA).

Os voos fretados sinalizam o protagonismo da CVC nesta retomada do turismo nacional, sendo uma operação viável fora do tráfego aéreo comercial. Os voos fretados somam cerca de 50 mil assentos extras, que já estão com venda imediata nas suas mais de 1.200 lojas franqueadas já em funcionamento pelo Brasil.

Além de ter mais opções de viagens à escolha, o consumidor terá outra vantagem este ano: segundo levantamento da CVC, os preços das viagens para este fim de ano estão, em média, até 30% mais baratos se comparados com os valores praticados no mesmo período do ano passado.

Porto Seguro (BA) é a cidade que receberá a maior quantidade de voos fretados CVC do período – serão 10 voos por semana. Além de pousadas e hotéis com valores atrativos, o destino também oferece opções de Resorts All Inclusive, assim como hospedagens em cidades vizinhas, como Arraial D’Ajuda e Trancoso.

Nessa retomada, outra aposta é no turismo regional e, por isso, a CVC tem ampliado seu portfólio de produtos em municípios próximos às capitais e grandes centros, que permitem viagens de carro: são 76 novos destinos, tais como Caxias do Sul (RS), Brotas (SP) e Porto das Pedras (AL), que favorecem o turismo regional.

De olho nas tendências de consumo diante deste “novo normal” na forma de viajar, a operadora também ampliou suas opções de aluguéis de casas – de apartamentos econômicos a residências de luxo – em regiões turísticas com condomínios residenciais ou com baixa ou nenhuma oferta hoteleira, para então somar alternativas de acomodações à escolha do consumidor. Desde o último mês, a CVC passou a oferecer mais de 10 opções de hospedagens residenciais pelo país, com serviços de clean service diário, em destinos como Gramado (RS), Búzios (RJ) e Península de Maraú (BA).

“O sonho de viajar permanece vivo entre os nossos clientes. Temos notado, a cada mês, um aumento gradativo na procura das viagens e nossa expectativa é alcançar, no fim do ano, 70% da demanda registrada no mesmo período do ano passado”, afirma Leonel Andrade, presidente da CVC Corp.