No próximo dia 01 de novembro, sexta, a partir das 15h, a Estação Turma da Mônica Goiânia recebe cerca de 60 crianças e seus familiares do movimento Somos Todos Gigantes, que fará o segundo encontro nacional de pessoas com nanismo. A iniciativa serve de alerta sobre a importância da acessibilidade em parques e espaços infantis, com estrutura ideal para quem tem mobilidade reduzida.

“A Estação Turma da Mônica é um ambiente atrativo e divertido com áreas de circulação acessíveis e confortáveis, que permitam o fácil passeio pelo seu espaço físico. Dessa forma, crianças e adultos, incluindo os com mobilidade reduzida ou limitações intelectuais e cognitivas, terão a oportunidade de brincar de forma segura”, explica a gerente de comunicação e marketing da Estação Luisa Seronni.

Juliana Yamin é a fundadora do movimento Somos Todos Gigantes e afirma que iniciativas como esta ajudam a reduzir o preconceito. “Ficamos muito felizes em saber que temos esta opção em Goiânia para as crianças com nanismo se divertirem, sem restrição, como qualquer outra criança. Muitas vezes as crianças com nanismo tem idade mas não tem o tamanho para participar das brincadeiras, então um parque assim é algo que valorizamos muito”.

Para a família de Maria Thereza Coelho, de 35 anos, um espaço como a Estação é algo que encanta. “É um local onde as crianças que têm certas dificuldade em relação a condição física ficam em total liberdade. Organização, alimentação e funcionários também contribuem. A nossa família consegue se divertir juntas e isso para a gente é o mais importante”, afirma. Ela tem 3 filhos, com idades entre 11 e 2 anos, e dois deles têm nanismo.

Localizado no piso 1 do Shopping Cerrado, a Estação Turma da Mônica tem 1.600 m² e possui 13 atrações tematizadas e inspiradas no incrível mundo das histórias em quadrinhos de Mauricio de Sousa.

SERVIÇO

Encontro Nacional do Movimento Somos Todos Gigantes

Crianças com nanismo visitam a Estação Turma da Mônica – Goiânia

Dia 01/11, às 15h

Shopping Cerrado – Piso 1 – Estacionamento gratuito

Serviço do parque:

Entrada: R$ 39 (meia) e adulto acompanhante paga R$ 10 – passaporte válido para o dia todo. Criança até dois anos não paga. Até 12 anos, todos têm direito a meia-entrada. O parque também tem ingresso por tempo para crianças a partir dos 5 anos.

Horários de funcionamento:

Terça a sexta: 14h às 21h

Sábado, domingo e feriado: 11h às 21h

Shopping Cerrado – Avenida Anhanguera nº 10.790, no Setor Aeroviário (Estacionamento gratuito)

 

DESCRIÇÃO DA ESTAÇÃO TURMA DA MÔNICA GOIÂNIA – Inclusão e Acessibilidade

• TERMINAL DO LIMOEIRO:

Um trem com uma locomotiva e dois vagões, garantem um circuito divertido por trilho circular e túnel iluminado.

Atende a lei da acessibilidade: crianças com mobilidade reduzida ou deficiências, desde que acompanhadas de responsável.

• VILA DA MÔNICA:

Constam as quatro casas dos personagens principais, Mônica, Magali, Cascão e Cebolinha. Cada casinha terá um triedro divertido como interatividade e janelas laterais permitem contato das crianças dentro e fora de cada casa. As esculturas de cada personagem, são ótimos pontos de foto.

O uso do cadeirante será feito com interação pelo lado externo à casa.

• PÉ DE DIVERSÃO:

Árvore cenográfica com 5 faces de tronco, com playtable de games divertidos em cada face.

Uma face de game está com sua altura de instalação adequada ao cadeirante.

• FÓRMULA ZUUM / OFICINA PORQUINHO DE OURO:

Estas atrações estão interligadas. Na primeira é contemplada uma corrida de carrinhos em pista plana, este é impulsionado pela energia do condutor através do movimento das mãos, acima desta pista um circuito de obstáculos suspensos dá acesso à Oficina Porquinho de Ouro, nela as crianças brincam de mecânicos, customizando e consertando os carrinhos.

A interação do cadeirante será feita na Oficina com um carrinho instalado de forma adequada a sua necessidade.

• BRINCANDO DE ENGENHEIROS:

Atração contempla circuitos como pontes e túneis verticais, estes circuitos estão distribuídos em 02 andares, com acesso por escada. Além de elementos da construção civil como tijolinhos e sacos de cimentos, feitos de material macio e seguro, como borrachas e espuma, serão manipulados pela criança para construir o que sua imaginação permitir.

A interação do cadeirante é garantida no piso térreo, com seu acesso aos elementos de montar.

• TOBOGÃ:

Um grande escorrega com vários lugares em faixas coloridas.

Atende a lei da acessibilidade: crianças com mobilidade reduzida ou deficiências, desde que acompanhadas de responsável.

• BRINQUEDÃO:

Esta atração deve garantir circuitos interativos com obstáculos divertidos para toda a família, como patamares de subida, escorregas, túneis, ponte pênsil, escaladas, piscina de bolinha etc. O piso térreo deve ter modulação adequada ao cadeirante.

Atende a lei da acessibilidade: crianças com mobilidade reduzida ou deficiências, desde que acompanhadas de responsável.

• ATELIER DA MARINA:

Atração que estimula a criatividade da criança, ela desenvolverá atividades artísticas desenhando e colorindo ilustrações da Turminha, além de 02 cabines de foto booth. Um grande mural servirá de exposição das artes de cada criança.

A interação do cadeirante é garantida com áreas reservadas, tanto na mesa de desenho quanto nas cabines de fotos.

• CASA NA ÁRVORE:

Uma atração que leva a criança para a sonhada casa na árvore, com piso elevado sustentado por árvore cenográfica, como apoio central, subida por escada ou túnel vertical, com tubofones, lunetas, espelhos mágicos, e descida por escorrega rotomoldado e tudo de descida.

Sob o piso superior cordas navais servem de trepa-trepa.

Atende a lei da acessibilidade: crianças com mobilidade reduzida ou deficiências, desde que acompanhadas de responsável. E o cadeirante tem diversão garantida com os tubofones.

• BOMBEIROS:

Um carro em fibra de vidro estático, com interatividades instaladas no lado externo e dentro do espaço do motorista com volante móvel. Pelo lado de fora painéis de água, com luz de led colorida, permitem que a criança por meio de botões, acendam o painel, dando a ilusão da água mudar de cor.

E ainda um jogo da memória no estilo ‘genius’.

E o cadeirante tem diversão garantida com as atividades externas.

• AMBULÂNCIA:

Um carro em fibra de vidro estático, com interatividades instaladas no lado interno e dentro do espaço do motorista com volante móvel.

Na área interna da maca, raios x dos personagens são acionados por botão, revelando a brincadeira.

Acesso para o cadeirante na área da maca.

• PRAÇA MAURICIO

Área de contemplação e ponto de encontro do Parque, com bancos e pontos de foto, além de meeting com os personagens ao vivo.

Cadeirante tem acesso garantido por circulação confortável.