EXCLUSIVO: Wanessa confessa-se no O Confessionário

2216

A cantora Wanessa está com agenda pra lá de atribulada com o lançamento do DVD e CD ao vivo DNA Tour. E foi logo após gravar o Programa do Jô, na tarde da última quarta-feira (21), que a Rainha do Pop Nacional arrumou um tempinho para falar com a equipe do O Confessionário. Na entrevista ela diz que está louca pra vir pra Goiânia e trazer seu filho pra andar descalço na nossa “terrinha. Também falou sobre sobre as inspirações por trás da mega produção do DVD DNA Tour, o amor aos fãs, o novo álbum, e muito mais…

Confiram o bate papo abaixo:

Ola Wanessa, em primeiro lugar muito obrigado por nos atender, e nos conceder essa entrevista, nós do O Confessionário adoramos seu trabalho…

“O meu amor, muito obrigada eu que agradeço o carinho de vocês comigo, é ótimo falar com gente da minha terra que eu amo tanto e que faz um trabalho legal assim como vocês. (Antes da entrevista mandamos para assessoria da cantora nossas publicações sobre ela).”

1. Wanessa são mais de 10 anos de carreira, nós sempre sentíamos que havia algo destoando no seu pop em português, mas a cada projeto você vinha sempre se aprimorando. Você sentia que chegaria ao nível em que está hoje? Com uma resposta tão positiva e cantando em inglês?

“Na verdade a cada trabalho eu tento melhorar a minha música. Estou sempre em busca de novos estilos e confesso que lançar este álbum todo em inglês foi um risco muito grande pra mim, pois não sabia se seria bem aceito pelo público, mas graças a Deus foi super bem recebido.

2. Através da sua música você tem dado oportunidade a DJs nacionais de remixá-las, dando visibilidade ao trabalho deles, não só aqui, como pelas boates fora do país. Há algum DJ que você ainda gostaria de trabalhar? E há alguma chance de no futuro reunir esses trabalhos em um álbum de remixes?

Nossa tem muitos, nem sei por onde começar (risos).

3. Poderia citar apenas alguns?

“Vamos lá, Rick Romero, Avicii, e por que não David Guetta? Amo She Wolf (risos). Estes são alguns dos nomes de profissionais que eu desejo trabalhar.” Sobre o álbum de remixes, quem sabe…

4. Falando sobre futuros lançamentos, você tem vídeos bastante interessantes, até mesmo no estilo que você fazia anteriormente, como o clip pra “Gostar de Mim” e “Não resisto a nós dois”. Você tem a intenção de algum dia reuni-los em uma coletânea de videoclipes em DVD?

“No DVD novo existem 5 videoclipes como bônus track dessa nova fase e a propósito, ótima ideia, quem sabe um dia?

5. Falando um pouco do DVD, a edição, iluminação, e as projeções nos telões são trabalhos não muito comuns nas produções brasileiras, e no seu show é notável que é um trabalho que forma um conjunto impecável com o projeto e as músicas que você apresenta. Houve alguma inspiração em shows internacionais pra compor toda essa sua produção?

“Na verdade eu me inspirei no meu mais recente álbum (DNA) e no que era viável para o momento. O roteiro foi escrito em cima do possível, ou seja o orçamento. Mas me inspirei bastante em dança contemporânea também, pois eu danço e me divirto muito.”

6. E a escolha do repertório para o DVD, você teve total liberdade na escolha das músicas, e quais critérios foram utilizados nas escolhas?

“Confesso que tive ajuda para a escolha do repertório, mas com liberdade total para o escolher. O bom desse DVD é que eu já havia lançado o álbum há algum tempo e sabia a resposta do público sobre as músicas.”

7. Agora que você tem trabalhado com suas próprias músicas em inglês, você ainda sente a necessidade de fazer covers, ou a resposta às suas músicas já é suficiente e satisfatória?

“Não é que eu sinta necessidade, mas eu gosto de brincar com os meus fãs, o meu público e por isso faço algumas versões. Por exemplo, eu gostaria de  ter cantado no DVD “She Wolf” do David Guetta, com uma versão em balé para brincar e me divertir. Pelos meus fãs canto até as antigas, dependendo do show mudo toda a tracklist na hora, tudo isso depende da resposta do público. Se o público canta apenas as músicas mais famosas faço covers, se eu vejo que sabem todas as músicas, até as menos conhecidas, eu sigo o tracklist original.”

8. Nós temos diversas divas no meio pop mundial, mas poucas apresentam shows realmente bem produzidos e gigantescos, como Madonna eKylie Minogue, inclusive a grande produção do seu show pode ser comparada a estas duas estrelas…

“O meu amor, muito obrigada. Pra mim é uma honra ser comparada com essas duas divas…”

9. Você foi eleita pelo público como a nossa representante no pop internacional, fazendo nas pistas e rádios fora do país, inclusive foi citada no jornal New York Post. O que você acha da música POP brasileira?

“Eu acho que existem várias cantoras que fazem um pop bom no Brasil. Eu tento passar a minha verdade. Procurando bons produtores nacionais e internacionais, fazendo aulas de canto e dança e compondo bastante.”

10. E para o próximo álbum, já está em andamento e podemos esperar uma divulgação também em outros países? Pode nos adiantar algo?

“Ainda não. Posso adiantar que estou trabalhando em um novo single, que provavelmente será incluso em um próximo álbum.”

11. E esse novo single, já tem nome?

“Não (risos), ele está em fase de mixagem e pós produção em estúdio, não posso falar muito sobre… mas estou em produção com Souja Boy

12. E para terminar pedimos que deixe uma mensagens aos seus fãs goianos e leitores do O Confessionário.

Nossa o que falar da cidade e da terra que eu amo? Meu amor, meu carinho, minha família. Estou louca para levar o meu filho para conhecer, andar descalço e sujar os pés aí (muitos risos). Amo Goiânia e muito obrigado pelo carinho de vocês do O Confessionário mais uma vez, aos leitores do site e aos meus fãs que eu tanto amo e tenho orgulho de ser conterrânea.

Na tarde desta quinta-feira (22) a assistente pessoal da Wanessa, nos mandou fotos pessoais e exclusivas da cantora cedidas pela própria.

Nosso muito obrigado a assessoria de imprensa da Wanessa e a assistente pessoal da cantora, que assim como ela é um amor de pessoa,Amanda Decker e a própria cantora que mesmo na correria arrumou um tempinho entre uma entrevista e outra para nos atender.

Abaixo as fotos exclusivas e uma dedicatória especial aos leitores do O Confessionário:

Entrevista – Gilvan Oliveira e Slater Palmeira
Realização – Leonardo Portela
Equipe O Confessionário