Entre os dias 5 e 29 de novembro, a capital será sede da primeira exposição de Tape Art do Estado de Goiás, intitulada “Goianidades Isolantes”. O evento, realizado pelo Do All Tape – Arte com Fitas, terá entrada gratuita e ocorrerá das 9h às 17h30, no Museu da Imagem e Som (MIS), na Praça Cívica. Na ocasião, os visitantes poderão apreciar a exposição de duas séries produzidas por artistas locais: uma chamada “Cerrado Urbano” e a outra “Releituras Consagradas“.

A série “Cerrado Urbano” é totalmente autoral e conta com oito painéis e uma intervenção em parede, todos produzidos com fitas adesivas. A temática mescla as paisagens naturais da flora e fauna do cerrado com cenas urbanas goianas, problematizando a sustentabilidade, preservação do meio ambiente e das referências culturais de nosso patrimônio.

Já a série “Releituras Consagradas” envolve a reinterpretação de obras aclamadas pelo público. Monalisa, de Leonardo da Vinci, comendo pamonha; Noite Estrelada, de Van Gogh, com o Ceú Goiano Estrelado; e Abaporu, de Tarsila do Amaral, descansando no cerrado são algumas das releituras que poderão ser conferidas na exposição.

No evento também serão realizadas visitas guiadas para aqueles que pretendem entender o processo e o trabalho em Tape Art. Os artistas do “Do All Tape” são os responsáveis pela exposição, que tem o conteúdo inspirado no cotidiano urbano da capital goianiense.

O que é Tape Art?

A Tape Art é uma expressão artística relativamente nova, que nasceu nos anos de 1960, na Alemanha e nos Estados Unidos. Essa modalidade surgiu como derivada do grafite urbano e vem sendo popularizada no Brasil há cerca de 10 anos.

Os artistas desta área trabalham com todos os tipos de fitas adesivas, criando formas monocromáticas, coloridas, listradas, de poá, estampadas, com textura ou lisas, abrindo um leque de possibilidades de uso em diversas superfícies.

Sobre os Artistas 

A Marca “Do All Tape – Arte com Fitas” surgiu a partir da iniciativa dos “tapeartistas” Jullyanderson Carvalho e João Paulo Pigosso, que tinham o objetivo de desenvolver e aplicar as mais variadas técnicas e formas de tape art em diversas superfícies. 

Os artistas, que surgem como pioneiros em Tape Art na capital goiana, hoje atuam como sócios no “Do All Tape“. O propósito do movimento é dar vida a qualquer ideia criativa de forma impecável, usando apenas fitas adesivas a partir de um processo minucioso.

Atualmente, já é possível encomendar painéis exclusivos de tape art, que também podem ser feitos em paredes de empresas ou residências. Cada arte é exclusiva, desde a elaboração até a sua entrega. 

Parcerias

O evento acontece com o apoio institucional da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Prefeitura de Goiânia, com apoio cultural da TG Core, Museu da Imagem e Som do Estado de Goiás (MIS) e Bridge Eventos. Estima-se que cerca de 2 mil pessoas visitem a exposição, entre comunidade e alunos de escola pública.

Exposição:
Goianidades Isolantes – I Exposição de Tape Art de Goiás

Quando?
5 a 29 de Novembro de 2019
Terça a Sexta das 09h – 17h30
Entrada Gratuita

Onde?
Museu de Imagem e Som – Praça Cívica, 2 – St. Central
Os agendamentos das visitas poderão ser feitos pelos e-mails:
[email protected] e [email protected] ou pelo WhatsApp: (62) 9 8289-5691