A pandemia, provocada pelo novo Coronavírus, vem moldando a nossa rotina, exigindo cuidados extremos, como o isolamento e o distanciamento social. Devido à COVID-19 muitas empresas tiveram de fechar suas portas e/ou adotar o sistema de home office, em que os colaboradores podem trabalhar em casa, sem risco de contágio em locais públicos, como em ônibus e metrôs.

Mas, trabalhar também exige cuidados. Naim Carlos, personal trainer e especialista em qualidade de vida e emagrecimento da Academia Evolve Gymbox, lembra que estando em casa, as pessoas tendem a se sentir mais à vontade, mantendo uma postura inadequada durante as horas dedicadas ao trabalho.

Ele comenta que em algumas empresas há programas de ginástica laboral, massagens e até mesmo cadeiras próprias para atividades em que o funcionário fica muito tempo sentado. Mas explica que, em casa, dificilmente há algum planejamento para melhorar a qualidade de vida e diminuir os incômodos e dores provocados por tensões musculares causados por longos períodos de postura imprópria.

“Alongamentos e exercícios de mobilidade escapular são ótimos para tratar dessas dores, assim como preparar o indivíduo para mais períodos de trabalho”, aponta. “E quando falamos de alongamento, já se associa o clássico movimento de colocar as mãos sobre a cabeça e puxar a mesma para baixo até encostar o queixo no peitoral. Mas, esta posição é a que adotamos durante todo dia (olhando para tvs, smartphone e computador)”, exemplifica o profissional.

Ele acrescenta que é preciso cuidado com os nossos músculos, pois eles passam mais tempo encurtados na postura de trabalho. “São eles normalmente esternocleidomastóideo – músculo que dá sustentação a cabeça, peitoral maior e menor, bíceps braquial e serrátil anterior”, detalha.

É importante então, promover alongamentos específicos para esses músculos, assim como exercícios que mobilizem as escápulas. Eles se tornam necessários para o bem-estar físico e consequentemente maior produtividade no trabalho. Pensando nisso, Naim separou três exercícios. Confira:

1- Com menos de cinco minutinhos conseguimos ativar todos esses músculos citados. Comece sentado, aproxime ligeiramente as escápulas, como se quisesse empurrar os ombros em direção ao solo, alinhe o pescoço com os ombros, coloque as duas mãos sobre a nuca e jogue os cotovelos para trás e em seguida volte à posição inicial. Faça duas séries de 10 movimentos. Em seguida, mantendo a postura ereta, faça o movimento de olhar para cima e para trás, e volte à posição inicial. Este exercício deve ser feito lentamente para evitar que se fique tonto. Três séries de cinco movimentos já são suficientes para relaxar o pescoço.

2- Outro ótimo exercício a se fazer é ficando de pé, com o quadril, escápulas, e nuca encostados na parede. Deixe os braços estendidos na linha do peitoral, com o dorso da mão também encostando na parede. Permaneça por um minuto e depois descanse. Três séries de um minuto já são o suficiente.

3- E, para fechar, mantenha-se de pé, em frente a parede, dobre uma das pernas, segurando o pé e o trazendo até o calcanhar encostar no glúteo. Segure 30 segundos e em seguida repita o processo com a outra perna.

“Estes são exercícios simples, que exigem apenas poucos minutinhos mas que oferecem grande conforto”, finaliza Naim Carlos.