As atrações musicais do Quintal do Jajá na edição do projeto “Seresta de Ouro” desta sexta-feira (28) serão os músicos João Garoto e Xexéu, que estarão acompanhados pelo percussionista Marco Lima. A casa funcionará das 17h30 às 23 horas, disponibilizando um cardápio variado de bebidas e petiscos, e a apresentação começará às 20 horas.
O público poderá conferir músicas de bolero e samba-canção de nomes como Cartola, Nelson Cavaquinho, Dolores Duran, Maysa, Pixinguinha, Vinicius de Moraes, Gonzaguinha, João Bosco, Lupicínio Rodrigues e Jamelão, além de ter seus pedidos atendidos no show. O bar contará com tira-gostos especiais, como o Power Trio de Boteco, que leva batata frita, contrafilé trinchado e calabresa acebolada.
Também estarão disponíveis o Dois Dedos de Prosa, com duas pimentas dedo-de-moça recheadas com carne e acompanhadas por geleia de pimenta, e o Quarteto Eclético, que tem bolinhos de arroz com requeijão, quibes recheados com queijo, croquetes de frango e discos de carne. O menu incluirá ainda pastelzinho de camarão, carne de panela na cumbuca, espetinhos e jantinhas.
Bolinho de arroz com parmesão recheado com requeijão cremoso e filé de frango ao molho de catupiry serão algumas das demais opções de petiscos. Já para beber, o Quintal do Jajá oferecerá diversas marcas de cervejas, refrigerantes, sucos, sodas italianas, água, caipirinhas, tequilas, vinhos, doses de whisky e drinks como Gin Tônica, Aperol Spritz, Cuba Libre e Cozumel.
A casa, que terá entrada no valor de R$ 10 na sexta-feira (28), fica na Rua 15 nº 538, no Setor Central, em Goiânia, em frente à Praça Dr. Carlos de Freitas. O bar aceita cartões de débito e crédito e conta com o telefone (62) 98169-7100 para mais informações.

Os músicos
Um dos músicos dessa edição do projeto “Seresta de Ouro” será o violonista João Garoto, que tem quase 30 anos de carreira. Ele já participou de diversos eventos e festivais de destaque, entre eles Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), Canto da Primavera, Festival MPB, do Sesi, e Projeto Vozes, do Sesc.
João Garoto dedica-se, principalmente, a ritmos como samba raiz, bossa nova e choro, tendo um grupo instrumental de choro e bossa nova. Fundou os grupos de samba raiz e choro Brasileirinho 1990 e Choro-Samba e gravou o CD “Grupo de Choro Brasileirinho”, em 2003, além de ter auxiliado na criação do Clube do Choro de Goiânia.
Atualmente, o violonista faz temporadas de apresentações de verão nos Estados Unidos, incluindo no Brazilian Day, na Califórnia, e se apresenta no Brasil com parceiros como Xexéu, Beaju e Grace Venturini. Outra atração do Quintal do Jajá será o cantor, instrumentista, compositor e humorista Xexéu, que começou sua carreira há 39 anos, quando fundou o Nóys é Nóys, um dos grupos de samba em atividade ininterrupta mais antigos do Brasil.
Há nove anos, Xexéu criou também o Quarteto Nóys É Nóys, que explora muita MPB e é formado por alguns integrantes do grupo Nóys é Nóys. Desde 2012, o cantor participa do projeto “Sexta Básica”, ao lado dos artistas TomChris, Maria Eugênia, Walter Carvalho, Luiz Augusto, Amauri Garcia e Pádua, com direção artística de Luiz Chaffin.
Em conjunto com o violonista João Garoto, Xexéu criou o projeto “Encontro de Bambas” há seis anos, com o intuito de levar ao público um aprofundamento do samba raiz. O fundador do grupo Nóys é Nóys lançou o seu primeiro CD solo há quatro anos, intitulado “Xexéu Solo” e produzido por Luiz Chaffin. Com esse CD, foi indicado ao Prêmio da Música Brasileira de 2015, na categoria solo.
Ele também já foi auditor e jurado do Festival Canta Cerrado em quatro edições. Com o ator e diretor teatral Mauri de Castro, formou, há 12 anos, a dupla de humor musical Mauri e Xexéu, que já participou de diversos programas de rede nacional. Junto com o cartunista Jorge Braga e o empresário Jairo Faleiro, Xexéu criou o Bloco do Zé Ferino há 16 anos, com o objetivo principal de resgatar o carnaval tradicional com marchinhas, sambas e frevos no Carnaval dos Amigos.
Além disso, o músico coordenou a pasta de Arte e Educação do Sistema Prisional Goiano, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Segurança Pública de Goiás (SSP), entre 2010 e 2016. Com a pasta, buscou levar cidadania para os reeducandos, por intermédio de diversas linguagens culturais. Já de 2017 a 2019, Xexéu foi coordenador-geral do Centro Cultural Octo Marques, que é ligado à Secretaria de Estado da Educação de Goiás (SEDUC).

Serviço
Projeto “Seresta de Ouro” com João Garoto e Xexéu no Quintal do Jajá
Data: 28/02 (sexta-feira)
Horário de abertura da casa: 17h30
Horário do show: 20 horas
Local: Quintal do Jajá (Rua 15, nº 538 – Setor Central)
Contato: (62) 98169-7100
Entrada: R$ 10