Final de ano chega e com ele a época de comilanças das festas e confraternizações típicas. Embora o peru seja o prato especial da noite de natal em muitas culturas, no Brasil, a carne branca e magra é comumente substituída pela suculenta leitoa à pururuca. Isso não é por acaso, já que o País ocupa o quarto lugar no ranking mundial de produção de carne suína. O termo pururuca vem da língua indígena tupi e significa “o que produz barulho”, que remete ao som de estalo produzido pela pele, que fica extremamente crocante e dura.

Um especialista na produção deste prato é Souza Francisco Santana, de 45 anos, que há cerca de 25 trabalha no ramo culinário, e tem um restaurante dentro do Condomínio Aldeia do Vale. Segundo ele, cerca de um mês antes do natal ele começa a receber os pedidos da leitoa à pururuca, que é um sucesso entre os moradores do residencial. Sousa conta que ele só faz a receita mediante encomenda, compra os animais vivos e realiza todo o preparo, que leva cerca de três dias.

Apesar do sucesso o prato não tem segredo no preparo, garante o chef. “Tem que saber o tempo certo de forno e o tempero. A carne tem que ficar, pelo menos, dois dias marinando no tempero e para assar são oito horas. A pururuca da pele faço no momento da entrega para o cliente”, explica.

Souza afirma que todos os seus pratos são bem recebidos pelos clientes que frequentam seu restaurante e que mesmo passando a receita as pessoas preferem voltar lá para comer o dele. “Recentemente uma freguesa pediu a receita de uma salada que faço aqui e dei os ingredientes e temperos. Dias depois ela voltou reclamando que eu tinha mentido, pois a salada que ela fez não ficou igual. Então eu fui com ela para a cozinha e fiz na frente dela”, conta aos risos. “Deus dá o dom e tudo dá certo”, resume o cozinheiro sobre o sucesso de sua comida.

A receita da leitoa ele também não hesitou em passar. Para seus clientes o peso do animal varia de acordo com o que é solicitado, podendo ser de cinco, sete ou até dez quilos, com isso a quantidade de ingredientes também é alterada.

Veja a seguir como fazer para suas festas uma leitoa de 5 quilos

Leitoa à pururuca

Ingredientes

1 leitoa de cinco quilos

300g de alho

2 cebolas grandes

8 pimentas de cheiro

100g de pimenta calabresa

100g de sal

Modo de preparo

Pique todos os temperos, junte com o sal e a pimenta calabresa e passe na lado interno e externo da leitoa, que é feita inteira. Deixe marinar por dois dias. Ao final deste prazo, coloque para assar por oito horas. Para a pururucar, Sousa usa um pururucador, quem não tiver esse apetrecho em casa pode jogar óleo bem quente por cima da leitoa.