Mercado de Moda Atacadista aposta em aquecimento das vendas para o Dia dos Namorados

Pesquisa realizada pelo Google aponta que ticket médio gasto com presentes na data é R$ 464

 Terceira data mais importante do comércio, depois do Natal e do Dia das Mães, o Dia dos Namorados também movimenta, para além do varejo, a economia atacadista. Um levantamento realizado pelo Google revelou que somente em 2018, a data movimentou cerca de 1.8 bilhão de reais na economia, e que o ticket médio gasto por quem presenteou foi de R$ 464 reais. Para Thamara Zaia, Gerente de Marketing dos shoppings atacadistas Mega Moda, a expectativa é que as vendas aumentem nesta primeira semana de junho.

“Itens de vestuário são os mais procurados para presentear nesta data; por isso, acreditamos em uma maior movimentação nesta semana até o dia 11 de junho. Muitos clientes de outros estados já fizeram suas compras, mas alguns empresários, principalmente do interior do estado, deixam para renovar o estoque mais próximo ao dia”, explica a executiva do Mega Moda. “Um dos fatores que nos torna atraente para o público é que nossos shoppings – Mega Moda Shopping e Mega Moda Park – possuem juntos mais de 1.500 lojas, nos mais diversificados segmentos: feminino, masculino, plus size, fitness, moda praia, festa, além de calçados e acessórios.”

Outro segmento que tem ganhado destaque nos corredores dos shoppings do Grupo Mega Moda são as lojas de moda íntima e produtos sensuais, os famosos sex shops. Segundo a Gerente de Marketing do Mega Moda, os clientes se sentem mais seguros por estar em uma loja dentro de um shopping. Outra vantagem é que podem transformar o presente em algo mais especial. “Além de uma peça do vestuário, por que não comprar um item que possa apimentar a relação? Sem dúvidas, ter a oportunidade de escolher variados produtos em um único local, com toda a infraestrutura, é bastante atraente”, ressalta.

Clientes de todo o Brasil

Em 2018, o Mega Moda, composto pelos shoppings de moda atacadista Mega Moda ShoppingMega Moda Park e MiniModa (especializado em moda infanto-juvenil), contabilizou o número de 9.187.685 pessoas em seus corredores. Somente em dezembro do ano passado, o fluxo foi de 1.492.202, e a maior parte dos clientes eram do interior de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo.

 

Fonte: Flotter & Schauff