Segundo os especialistas do Pantone Color Institute a coleção Primavera/Verão 2021 lançada no New York Fashion Week, que aconteceu na última semana, enfatiza o “desejo por cores e tons extraídos da natureza, cores que reforçam o desejo por tonalidades flexíveis e que funcionem o ano todo”. O evento mundialmente conhecido, reúne grandes marcas internacionais e dita o que a indústria deve oferecer para o próximo ano. No Estação da Moda Shopping, ao passar pelas vitrines, já é possível ver a mudança das coleções e encontrar o verde menta, amarelo, coral e ametista em vestidos longos, fluidos e com tecidos leves, que permitem passar pelas altas temperatura dos próximos meses com conforto e beleza.

A consultora de moda do centro de compras, Nélia Finotti, confirma as tendências no Brasil. “O verde menta, por exemplo, vem com tudo pois é uma cor básica, bonita, divertida que permite uma combinação infinita com outras tonalidades que também estão em alta”. Com relação às estampas, a especialista aposta nas listras, que já vem da última temporada de alto verão e deve ficar. “Para combinar, os materiais plásticos que foram febre dos anos 1990 deve compor também os looks e estarão presentes nas bolsas, acessórios e sandálias”.

Em consonância com as tendências mundiais e o discurso da Pantone, Nélia explica que a sociedade mudou seu comportamento de consumo e isso reflete também nas escolhas da moda, pois as roupas são um espelho da alma. “Depois de um ano de 2020 enfrentando problemas como a pandemia, eu acredito que as pessoas estão abandonando consumo e exacerbado e praticando o consumo afetivo. Vestem como se sentem”. Por isso os tons “doces”  ficam em alta por algum tempo. Os tecidos mais usados serão o viscose, viscolinho, linho e sedinha, justamente porque combina com as altas temperaturas brasileira nos próximos meses.

Exemplo disso está a marca Lelilu, instalada no Estação da Moda Shopping, que trouxe uma coleção repleta de sentimentalidades. O verde menta, por exemplo, está presente em alguns vestidos longos com modelagem fluída e amarrações. O coral também está garantido nos lançamentos.  A empresária Luanna Lúcia Silva, ao lado da sócia Libia Lúcia, apostam uma diversidade de produtos que vão desde os conjuntos de saia e blusa, vestidos longos e curtos, camisas e blusas.

Entre as peças coringas para essa estação também está o lastex, que permite um ajuste melhor no corpo, além de saias longas combinadas com blusas curtas e amarrações diversas, outras tendências destacadas por Nélia e confirmada pela nova coleção da Lelilu. “A pandemia nos ensinou a estar preparada para mudanças, incentivando a nossa criatividade. Investimos no atendimento on-line e procuramos modelos de roupas mais casuais e que chamasse a atenção, para que conseguíssemos vender e divulgar a nossa marca”, detalha Luanna.