Neste sábado (13), a Praça Universitária vai ser palco para talentos na arte de rimar no improviso. A partir das 16h, acontecerá a Final da Liga Estadual Goiana de MC’s, um dos principais projetos do Galpão Complexo Criativo em Goiânia.  Serão 16 jovens competindo quem são os melhores de Goiás na batalha de rimas. Os vencedores em 1º e 2º lugar disputarão uma vaga para a competição nacional, que acontece em Belo Horizonte-MG. Este evento é gratuito.

Para selecionar esses competidores goianos, foram mapeados todos os encontros de freestyle do Estado. A eliminatória começou em abril deste ano de forma itinerante. A final contará com representantes dos municípios de Trindade, Aparecida de Goiânia, Valparaíso, Goianira, Cidade Ocidental, Senador Canedo, Catalão, além de Mc’s da própria capital.

De acordo com Maurício Hizim, organizador da Liga, a batalha de rimas tem cumprido um papel social muito importante entre os jovens da periferia. “A batalha pra mim hoje dentro do hip hop goiano é a que tem a maior função social de todas, porque é a que mobiliza mais jovem. E os Mc’s vem de longe, fazem vaquinha pra participarem, estudam sobre novas ideias de rimas, se unem. Então é uma parada que tem muita relevância social neste momento, mais do que o rap em si e do que o grafite”, afirma Hizim.

E a Liga Estadual Goiana de MC’s  tem selecionado o que há de melhor no Hip Hop goiano. Entre os talentos revelados, o jovem Daniel Alves, vulgo “Afroking”, de 22 anos, é uma das principais apostas entre os finalistas desta batalha. Afroking é de Aparecida de Goiânia e começou no freestyle em 2014. De lá pra cá, venceu várias batalhas de rimas importantes na capital, como o Grande Goiânia Hip Hop, Rimanação, UFCentro, Batalha da Pista, Freecção na UFG e por duas vezes na eliminatória da Liga Estadual Goiana.

Participou também de uma das principais batalhas de rimas em Minas Gerais, Brasília e em São Paulo, chegando a semifinal da competição após desbancar vários MC’s de peso na capital paulista. Toda essa experiência tem sido como lição de vida para o jovem.

“Desde que comecei a batalhar tive a chance de me aprofundar mais ainda no hip hop, conhecedor outras vertentes do movimento assim como a dança e o grafite. Tem sido gratificante poder sair daqui e representar a minha cidade em outros lugares do Brasil, sem falar do quanto isso ajuda a cena local a crescer”, conta.  Afroking hoje faz parte do grupo de rap goiano Blxxds VG e pretende seguir carreira no rap.

Além dele, estão nessa disputa final os manos Criolin, Sujeito, PRS, Baiano, Pikeno, Netim, DeJah, General, Mc Antônio, Anjo, Kell e as manas Iná e SheHa. “Freestyle representa autoconhecimento e me ensina a lidar com batalhas diárias”, desabafa Iná, outra jovem finalista desta competição.

Na quarta e na sexta-feira ainda serão selecionados os dois últimos finalistas da Liga. Os dois primeiros colocados seguem no dia 20 de outubro para Brasília, onde disputam uma vaga para o Duelo Nacional de MCs.

Serviço:

LIGA ESTADUAL GOIANA DE MC’S – Final
Data: 13 de outubro
Local: Praça Universitária
Horário: a partir das 16 horas
Informações: Facebook.com/galpaostudios
Evento gratuito!