A banda goiana Sê Bastião lançará, nesta sexta-feira (15), seu primeiro single, intitulado “Mariposa”, em diversas plataformas de streaming. Criada em 2016, em Goiânia, a Sê Bastião era formada inicialmente por Paulo Prieto, na bateria, e Marcelo Sissá, na guitarra e nos vocais. Hoje, a banda de indie rock autoral conta também com Gui Mesquita, nos teclados e nos pads, Thayrone Reis, na guitarra, e Rayssa Almeida, no baixo. 
A Sê Bastião gravou, recentemente, o seu primeiro álbum no estúdio Rocklab, com o produtor Gustavo Vazquez. Agora, com o álbum finalizado, a banda realizará o lançamento do primeiro single do disco. A canção “Mariposa” tem uma letra direta e objetiva, porém, ao mesmo tempo, poética, sendo rica em figuras de linguagem, principalmente metáforas. 
Segundo a descrição da banda, a música também é forte e dançante, com uma introdução cheia de elementos e camadas e uma ponte sensível e tocante. A canção recebeu esse nome pelo fato de a mariposa ser um inseto que se sente atraído pela luz. “Em alguns casos, essa atração é seu algoz, como numa colisão fatal com a chama de um lampião ou de uma lamparina”, explicou Marcelo Sissá. 
O vocalista da Sê Bastião, que foi quem escreveu o single, revelou que a primeira frase colocada na letra foi “Tudo começou como um erro”, na ponte da música. Essa é a primeira frase do primeiro romance publicado pelo poeta Charles Bukowski, dos Estados Unidos, intitulado “Cartas na Rua”. Em “Mariposa”, a letra é destinada para a personagem Mari, que é confundida com uma mariposa e suas características. 
Feito de forma independente, o single tem influência do som das bandas The Smiths, The Cure e Los Hermanos. A banda já tocou essa música duas vezes em apresentações para o público, quando abriu um show para a banda Carne Doce e quando subiu no palco da Monkey Goiânia, junto com a Violins e com outras bandas goianas, mas o lançamento oficial será realizado agora. “Mariposa” estará disponível, a partir desta sexta-feira (15), nas plataformas Spotify, Deezer, YouTube e Apple Music/iTunes.
 
Processo de criação e projetos 
O vocalista da Sê Bastião, Marcelo Sissá, destacou que “o processo de criação [da canção] foi pouquíssimo convencional”, já que a gravação foi iniciada sem a música estar totalmente pronta. Ele contou que os arranjos e outros elementos da canção foram sendo adicionados a partir da gravação da música apenas em voz e violão. 
Além disso, foi necessária praticamente uma regravação por conta da entrada de outros integrantes na banda. No entanto, as etapas pouco convencionais do processo de criação e produção de “Mariposa” são vistas de maneira positiva pelo músico. “O Gustavo Vazquez foi muito importante nesse processo criativo e tudo o que aconteceu acabou nos ajudando a amadurecer a música, acrescentando camadas e elementos. Adoramos o resultado”, ressaltou.
A oportunidade que a Sê Bastião teve de trabalhar com Gustavo Vazquez, reconhecido por diversos trabalhos no meio musical, também é outro ponto positivo. “Começamos com um produtor e terminamos com um amigo. Nós estamos muito satisfeitos por termos gravado esse álbum e esperamos tocar as pessoas com isso”, celebrou Sissá. 
Após o lançamento do single “Mariposa”, a banda planeja lançar o segundo single e o álbum completo já em março deste ano. “Esse primeiro semestre será repleto de conteúdo. Pretendemos tocar o máximo possível”, prometeu o vocalista da Sê Bastião.