O principal palco do rock goiano na atualidade chega à sua 20ª edição em dois anos. O Cidade Rock começou em 2018 (com 10 edições) e este ano promete outras 12 etapas. Gratuita, plural e democrática, a 10ª edição de 2019 traz uma programação que aposta na diversidade de estilos com shows do Half Bridge, Mechanics, Desastre, Cherry Devil, Old Place e Moitará. Os shows acontecem no Martim Cererê, no próximo dia 5, a partir das 19 horas.

Formado em 2013, o Half Bridge é uma banda goiana de deathcore, com integrantes de Goiânia e Senador Canedo. O quinteto acaba de lançar seu novo trabalho, o álbum “Entre o Inferno e a Utopia”, com mixagem e masterização de Xtudo (A Última Theoria) e Raphael Ferreira, e arte de Douglas Alexsander. O Half Bridge tem uma marca interessante que é sua participação no jogo “Guitar Flash”, que tem mais de sete milhões de usuários pelo mundo. Por conta desta inserção, a banda angaria grande quantidade de fãs na América Latina e Ásia.

Os malditos Mechanics também são um dos destaques desse 10º Cidade Rock 2019. Com mais de duas décadas de história, o grupo é um dos responsáveis pela criação e expansão da cena goiana de rock independente. Liderado pelo vocalista Márcio Jr., o grupo apresentará o show comemorativo do primeiro disco da banda. Lançado no ano 2000, Psycho Love é um clássico do underground goiano, com músicas como Sex Misery Machine, Satan’s Surf, Monga e Spider Baby.

Também com mais de duas décadas de existência, o Desastre é uma das principais referências do punk/hardcore goiano e até mesmo nacional. Engajado politicamente, o grupo apresenta um som pesado e violento, com pitadas de metal. Recentemente, a banda lançou um compacto em vinil 7″, Vasto Deserto, lançado pelo selo espanhol Nuclear Fear Records.

Com riffs setentistas e um vocal que hipnotiza pela mistura do agudo metálico e o grave aveludado, a Cherry Devil  é instigante, refrescante e criativamente autoral. Raivoso e performático, a banda traz referências aos grandes heróis do passado e exalta o espirito do rock’n’roll sem medo de ser piegas no conceito e sem temer a música pro futuro.

Com um som que transita entre o groove metal e o metal moderno, a Old Place foi formada em 2010 por iniciativa do guitarrista Rafa Oliveira e o vocalista Maikon Souza. Já lançaram um EP, Breathing The Ashes, que saiu pelo selo inglês Raptors Music e ganhou destaque em vários países.

Para abrir o 10º Cidade Rock de 2019, uma das grandes promessas da atualidade. Formada há menos de um ano, a Moitará tem o hardcore e o metal como base, mas sem amarras,  explorando a música como ela deve ser: livre. Uma banda com a consciência de que o resultado final nem sempre é igual ao previsto, mas com a vontade de viver e curtir todas as possibilidades que a música traz.

 

…………………………

10º Cidade Rock 2019

Shows com: Half Bridge, Mechanics, Desastre, Cherry Devil, Old Place e Moitará

Data: Sábado, 5 de outubro, a partir das 19 horas

Local: Centro Cultural Martim Cererê (Rua 94-A, Setor Sul)

ENTRADA FRANCA