Com o crescimento ancorado em importantes corredores viários da cidade, como as Avenidas Anhanguera e Leste-Oeste, a região oeste de Goiânia recebe um novo projeto de residencial que promete elevar o padrão arquitetônico dos imóveis econômicos da capital. Com localização próxima ao  Shopping Cerrado, o Residencial Arvoredo Cerrado Parque, empreendimento da FR Incorporadora, teve lançamento exclusivo promovido pela URBS Imobiliária no último sábado (23/02).

 

O residencial, que será construído num terreno de 4,7 mil metros quadrados, terá projeto arquitetônico assinado por Alexandre Leite e paisagismo de autoria do renomado arquiteto Guilherme Takeda. O empreendimento agrega vários itens que, até há pouco tempo, eram exclusivos de residenciais de luxo situados em áreas nobres da capital, como sauna, quiosque com churrasqueira e sala de jogos. O Arvoredo Cerrado Parque oferecerá apartamentos de dois e três quartos com suíte, com metragem de 55 a 68 metros quadrados.

 

O empreendimento contará com duas torres, sendo do 1º ao 18º pavimento oito apartamentos por andar: quatro com 55,5 m² (2 quartos), dois com 56,17m² (2 quartos) e outros dois de 68,23m² (3 quartos). No tal serão 288 unidades habitacionais. “É um produto voltado para três perfis básicos: quem já mora na região primária, em casas ou apês de menor qualidade ou mantém uma relação íntima com a região; o candidato ao primeiro imóvel e que advém de bairros mais distantes, mas tem uma relação de conveniência com a região, como trabalho ou escola; e moradores de cidades da região metropolitana, como Trindade, Senador Canedo, Aparecida de Goiânia”, explica Ricardo Teixeira, diretor da URBS.

 

Diferenciais

A comercialização do residencial será feito com exclusividade pela URBS Imobiliária, o stand do residencial está localizado na Rua Barão de Mauá, esquina com a Avenida Anhanguera, no Setor Rodoviário, onde já está montado o decorado do empreendimento, assinado pela arquiteta Carolinne Stival.

 

“Geralmente quando a gente trabalha com metragens menores tentamos aproveitar o máximo do espaço. Eu trabalhei em cima do conceito da planta de sala avarandada, trazido pela construtora e coloquei elementos como o canto alemão, um banco em L junto à mesa de jantar, e espelhos por todos os cômodos para dar uma sensação de amplitude”, explicou Carolinne.

 

O projeto prevê oito elevadores, sendo quatro por torre e cada um com capacidade para 13 pessoas e 362 vagas de garagem. Para a área de lazer estão previstos dois salões de festa, dois quiosques com churrasqueira, sala de jogos, brinquedoteca, academia, mini-quadra gramada, playground, piscinas adulto e infantil e Sauna. O Arvoredo Cerrado Parque é o primeiro de uma série de 30 empreendimentos que a URBS pretende lançar  este ano, em Goiânia.