O pintor e escultor paulista Adélio Sarro traz para Goiânia, numa mostra individual exposta no estande do Maestro Residenza, no Setor Oeste, novidades ao público da capital, que segundo ele, quase virou sua morada. “Gosto muito do público de Goiânia, essa cidade maravilhosa onde, inclusive, já pensei em morar e até cheguei a fazer planos para isso”, revela o artista, que tem com Goiás uma afetuosa e marcante ligação. Isso porque é da capital goiana que veio a primeira encomenda de um trabalho de grande formato: um painel de dois metros e meio por seis pintado em 1984 na sede da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg). Entre meados dos anos 1980 e 2010, ele também trabalhou com várias galerias de arte da cidade.

Prestes a completar 50 anos de carreira, o renomado artista plástico traz para cidade trabalhos de várias fases de sua carreira, mas com destaque para as esculturas pequenas, algo recente em seu portfólio. “É o primeiro lugar que exponho esculturas pequenas, pois costumo trabalhar com grandes monumentos, que hoje compõem vários espaços públicos no Brasil e no mundo”, contou o artista que, juntamente com sua esposa a também artista plástica Sandra Pardo Sarro, esteve em Goiânia no último dia 30, para a abertura de sua exposição individual no Stand do Maestro Residenza, que permanecerá exposta até o dia 31 de julho.

Um dos anfitriões da mostra, o empresário e incorporador Rodrigo Neiva falou do prazer e da honra em receber um artista de grandeza de Adélio Sarro. “Ficamos muito felizes quando Adélio, por intermédio do médico e fotógrafo goiano Fernando Pacheco, aceitou o nosso convite de expor neste espaço que oferecemos aqui. Confesso que não esperávamos ter aqui obras de artistas de renome internacional como ele. Isso realmente nos orgulha muito”, afirma Neiva.

E falando em fama internacional, entre quadros, esculturas, painéis e vitrais, Adélio Sarro possui mais de 30 anos expondo fora do Brasil. “Trabalho com toda a Europa,  Austrália, Singapura, Rússia, China e também tenho trabalhos em museus do Japão, como o Museu Imperial do Japão; o Museu de Rali (em Israel), nos Estados Unidos, França, Argentina e vitrais em igrejas na Alemanha, então tenho muitas obras espalhadas mundo afora”, enumera o artista.

Sarro também tem em seu currículo obras compradas e apreciadas por várias personalidades internacionais, como o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton. “Expus por duas vezes no Fórum Econômico de Davos, na Suíça, e foi uma oportunidade em que conheci muitas personalidades como ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, o escritor Paulo Coelho, e vários outros chefes e ministros de estados do Canadá da Suíça, de Portugal, e entre eles muitos compraram obras minhas”, relata o pintor e escultor.

Serviço

Assunto: Exposição do pintor e escultor Adélio Sarro
Data: de 30 de junho a 31 de julho
Horário: de domingo a domingo, das 7h às 19h
Local: Rua 22, Quadra G-10, Lote 36-38, 40-42 – St. Oeste, Goiânia
Entrada franca