Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e realizada em 2017 detectou que nas capitais os brasileiros passam, em média, duas horas e vinte e oito minutos por dia no trânsito, para se deslocarem de casa para o trabalho e para outros compromissos como médico, lazer e compras nas capitais. Multiplicando essa média diária pelos dias do ano, chega-se a um total de 37 dias e meio, ou seja, são quase 40 dias parados  passados no carro, ônibus, metrô ou moto.

 

Promover uma mobilidade urbana é tarefa obrigatória de todos grandes centros urbanos do País, o que inclui Goiânia, que está revisando em Plano Diretor na Câmara Municipal. A minuta do projeto encaminhada ao Legislativo goianiense prevê incentivo à construção de edifícios residenciais que abriguem galerias comerciais no primeiro andar. O objeto é levar mais comodidade, fazendo com que as pessoas tenham próximo de suas residência uma rede básica de serviços e com isso se desloquem menos de carro.

 

O arquiteto e urbanista, conselheiro do Conselho Regional de Arquitetura do Estado do Goiás, Paulo Renato da Costa, explica que esta é uma alternativa de levar mais comodidade para que os moradores tenham uma rede básica de serviços mais próximos de sua casa e com isso se desloquem menos de carro. “É o que chamamos de fachada ativa, que também tem outro objetivo: favorecer a interação do pedestre com a fachada dos edifícios. Ao invés de uma rua ser apenas um corredor de passagem ou de acesso ao prédio, o trecho passa a ser mais convidativo com o comércio no térreo”, diz.

 

Mesmo antes da regulamentação da atualização do Plano Diretor, alguns empreendimentos já seguem essa tendência em oferecer edifícios residenciais com esta configuração. No Setor Alto da Glória por exemplo, região sudeste da capital, a Elmo Engenharia e Incorporações lança no próximo dia 18 de agosto o Lux Flamboyant, residencial compacto de alto padrão que contará com quatro lojas em seu térreo e diversas estruturas para receber serviços em domicílio.

 

Especialista imobiliário, Sócrates Diniz explica que os projetos imobiliários tem buscado se adequar a essas novas necessidades.  “O tempo que perdemos nos engarrafamentos tira muito da qualidade de vida das pessoas. Notamos que as pessoas já buscam organizar sua vida próximo de onde elas vivem, deixando-se o carro só para percurso realmente longos”, afirma ele, que também é gerente comercial da Elmo Incorporações, Sócrates Diniz.

 

As lojas serão voltadas para as ruas e também atenderão ao público. A ideia é que elas abriguem serviços essenciais para o dia a dia, como empórios, farmácia, salão de beleza, entre outros. Mas, dentro de casa, o residencial também também irá contribuir para se diminuir a necessidade de deslocamento e trará estruturas para receber serviços em domicílio que estão em ascensão, como personal trainning ou cuidados pessoais.

 

Na área de lazer, o projeto agrega uma academia de ginástica de 145 m² e um espaço mulher. O projeto contemplou um business center com duas salas de reunião e uma sala de conveniência para uso compartilhado para atender a demanda crescente de profissionais que trabalham em sistema de home office e precisam lugar para receber clientes sem expor sua privacidade domiciliar. Os espaços serão entregues mobiliados, decorados e preparação para receber wi-fi.

 

Além disso, Sócrates destaca a própria localização do empreendimento, de frente para o  Shopping Flamboyant, em uma região altamente consolidada como é o Alto da Glória. No entorno, ele encontra facilmente uma extensa rede de serviço e comércio.

 

Lux Flamboyant

 

O Lux Flamboyant oferecerá apartamentos de dois, alguns com opção de suíte – as medidas que variam de 58 a 66 metros quadrados. O prédio, que será construído em torre única, também oferecerá apartamentos de três quartos com suíte e medida de 77 metros quadrados. Três penthouses com medidas que variam de 131 a 160 metros também integram o projeto.  No total, são 230 unidades habitacionais.

 

Para a diversão dos condôminos, a área de lazer do prédio contará com piscina adulto com raia de 22 m e decks seco e molhado, espaço fitness com 145 m2, salão de festas com copa, varanda de festas com terraço ao ar livre e grill gourmet, espaço gourmet conjugado com forno de pizza e grill, atelier kids, playground ao ar livre, Hall de jogos, piscina infantil, lounge relax, sauna e solarium.

 

O edifício será erguido em terreno de 2.448 metros quadrados no Alto da Glória, na Avenida Terezina, de frente para o Shopping Flamboyant, mas possuirá entrada também pela rua dos fundos, a Rua Fortaleza. A arquitetura abusa da pele de vidro e placas de alumínio para dar um ar sofisticado e contemporâneo à torre. As entradas terão pé direito duplo e porte-cochère – este último é também uma medida de mobilidade, já que fica dentro do terreno e possibilita que moradores e visitantes façam ali rápidas paradas, evitando congestionamentos nas ruas. A área total do  empreendimento é de 2.448 metros quadrados.