Para quem quer aproveitar o segundo semestre de 2017 para dar aquela repaginada em casa ou realizar uma pequena reforma, os gerentes de produtos das redes TendTudo e Casa Show, Célio Moura e Elisângela Bento, prepararam algumas dicas que vai ajudar na escolha dos produtos e, principalmente, a economizar.

Segundo Célio Moura os pisos e revestimentos fazem muita diferença na decoração, pode ser usadotanto em áreas internas como em ambientes externos. Um exemplo é o porcelanato, um material muito usado em projetos residenciais e está entre os revestimentos preferidos dos consumidores brasileiros.

“As vantagens de se colocar porcelanatos são muitas, além de bonito e moderno, é um revestimento de fácil manutenção e higienização no dia a dia. A limpeza é rápida e simples, basta varrer o piso e passar um pano umedecido em água e detergente. Também possui enorme versatilidade, pois é encontrado em diferentes cores, texturas e tamanhos, o que possibilita sua utilização em qualquer ambiente da casa. Para completar, possuem alta durabilidade, resistência à umidade e baixa absorção de água, o que garante que mantenham sua boa aparência por muito tempo. E o melhor de tudo, o custo benefício é ótimo. Atualmente, é possível encontrar no mercado o produto com preço muito acessível”, explica o especialista.

Existem três tipos deste revestimento no mercado: o acetinado, que é fosco e mais resistente, não mancha e nem risca com facilidade. É ideal para banheiros, garagens, varandas, salões de festa e áreas gourmet. O polido, que por sua vez, é requintado, brilhante e liso. Sua estética é sofisticada, mas ele é mais suscetível ao surgimento de arranhões. Esse tipo é ideal para salas e  quartos. E por último, o porcelanato rústico que tem acabamento mais simples. Pode ser usado em espaços internos, porém é mais adequado para áreas externas, pois une segurança, praticidade e funcionalidade. Por ser texturizado e antiderrapante, combina com varandas, lavanderias, terraços e locais próximos a jardins e decks.

Outros produtos que não podem ficar de fora da reforma são as tintas. “Quem quer gastar pouco e mudar os ambientes da casa pode investir nas cores que estão fazendo sucesso em 2017 como o verde, tons de azul claro, rosa envelhecido ou rosa claro, além das cores vibrantes como o amarelo e o vermelho”, comenta Elisângela Bento.

Outro fator importante é que ao comprar os produtos é necessário checar o rótulo para conhecer a indicação da tinta e seu rendimento. As tintas premium apresentam alta performance e resistência, sendo indicadas para ambientes de uso intenso, como salas de estar. As de segunda linha são apropriadas para quem busca custo benefício. Já as de terceira linha têm performance menor e são recomendadas para locais com pouco uso, como quartos.

Elisângela destaca ainda que a tecnologia pode ser uma excelente aliada na hora de escolher as cores para pintar uma parede. “Hoje você pode contar com a ajuda de vários aplicativos disponíveis para downloads. Com essas ferramentas é possível ter uma ideia de como ficaria sua parede pintada de uma determinada cor ou ainda qual tonalidade é a melhor escolha de acordo com as cores que já compõem aquele cômodo”, explica.

Além disso, a gerente ressalta que é fundamental fazer o cálculo certo da quantidade de material que vai gastar, para que não haja nem desperdício nem falta de produtos. “O site da TendTudo (www.tendtudo.com.br), por exemplo, conta com aplicativos de cálculo de consumo de tintas, pisos e revestimentos, buscando oferecer uma compra inteligente e orientando os consumidores dentro de suas necessidades reais, com economia e sem desperdícios”, finaliza a especialista.