Equipes técnicas da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) realizaram, nesta segunda-feira (16/09), abertura de uma segunda represa para auxiliar no reequilíbrio na vazão do Rio Meia Ponte.
O barramento cedido possui volume acumulado de 3,5 milhões de m³ e fica na Fazenda Amaralina, em Santo Antônio de Goiás, próximo à primeira represa aberta na quinta-feira (12/09) pelo governador Ronaldo Caiado.
A abertura de represas com vazão de fundo integra o plano emergencial adotado pelo Governo de Goiás para enfrentar a crise hídrica, que obrigou a redução nas outorgas de captação em 50% e a restrição nos horários de irrigação nas propriedades ao longo da Bacia do Meia Ponte.
O objetivo do governo é manter a vazão do rio acima de 1.500 litros por segundo e evitar o racionamento de água na região metropolitana de Goiânia. A média registrada no domingo foi de 2.122 litros por segundo.