A programação do Quintal do Jajá deste sábado (08) será uma edição especial da feijoada da casa, com um show em homenagem a compositores da Velha Guarda das escolas de samba Mangueira e Portela. A apresentação começará às 13h30 e será comandada pelo músico Pedro Jordão (vocais e violão de sete cordas), que estará acompanhado por Anderson Umbuzeiro (bandolim de dez cordas), Noel Carvalho (pandeiro) e Eduardo de Souza (surdo e repique de anel).
A casa ficará aberta das 12 às 18 horas, com um buffet de feijoada tradicional, feijoada vegana, caldo de feijão e acompanhamentos como torresmo, arroz, farofa de bacon e calabresa, couve refogada e laranja. A entrada custará R$ 38 por pessoa, incluindo buffet à vontade e acesso ao show. Somente as bebidas são cobradas à parte.
Entre os compositores que serão contemplados no repertório do show estão Paulo da Portela, Alcides Malandro Histórico, Antônio Caetano, Antônio Rufino, Mauro Duarte, Mestre Monarco, Manacéia e Paulinho da Viola, todos eles da Portela. Já a lista de compositores da Mangueira que terão suas músicas interpretadas no bar inclui Cartola, Nelson Cavaquinho, Carlos Cachaça, Xangô da Mangueira, Elton Medeiros, Leci Brandão, Beth Carvalho e Nelson Sargento.
O músico Pedro Jordão ressalta a importância desses compositores para a história do samba. “Eles deixaram um legado importantíssimo. Graças a nomes como Paulo da Portela, nós podemos ter acesso ao samba hoje, porque ele lutou por isso. Além dele, nós temos Alcides Malandro Histórico, Mestre Monarco e grandes compositores da Mangueira, como Cartola e Nelson Cavaquinho, que estão sempre presentes no repertório do cancioneiro popular”, afirma.
Ele também destaca a relevância das escolas de samba das quais os compositores homenageados faziam parte. “A Portela e a Mangueira estão entre as cinco primeiras escolas de samba do Rio de Janeiro, sendo que a Portela é a que tem mais títulos de desfiles de Carnaval e a Mangueira foi a primeira a ganhar um título. Então, são escolas extremamente tradicionais para a história do samba”, aponta.
Além de apresentar os grandes sucessos desses músicos da Velha Guarda, Pedro Jordão também levará para o público do Quintal do Jajá composições pouco conhecidas deles. “Infelizmente, parte da obra desses nomes acaba se perdendo e é negligenciada no repertório de alguns artistas. Então, eu também vou resgatar várias composições antigas nessa homenagem, que são músicas de grande significado para a história da música popular”, reforça.

Sobre o músico
Com 12 anos de carreira, Pedro Jordão é músico, compositor, professor, arranjador, violonista e cavaquinhista, tendo se formado em Licenciatura em Música pelo Instituto Federal de Goiás (IFG). Realiza diversos trabalhos com artistas do cenário do samba, do choro e da MPB, tendo se apresentado ao lado de Tião Carvalho, Aquiles Moraes e João Cavalcanti, entre outros nomes. Atualmente, acompanha a cantora Luciana Clímaco.
Ele faz parte dos grupos Diabo a Quatro e Samba Matuto, além de ter sua carreira solo como instrumentista e cantor. Com esses trabalhos, Pedro Jordão já se apresentou em festivais de destaque, como o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) e o Canto da Primavera, e fez apresentações no Rio de Janeiro e no Paraná.
O músico é um dos idealizadores do projeto “Samba do + 1” e do projeto de extensão “Grupo de Choro do IFG”, que têm como propósito fomentar e preservar a cultura popular em Goiânia. Ele também foi produtor e arranjador do EP “Grito”, gravado pela banda Baú Novo em 2015, além de ter feito os arranjos e gravado os violões para duas canções do cantor Fernando Boi.

Vantagens
Além do show especial e da feijoada à vontade, o Quintal do Jajá oferece diversas vantagens para os clientes que forem ao bar neste sábado (08). A casa realiza promoções semanais de cervejas e tem um cardápio variado de bebidas, com cervejas, água, refrigerantes, sucos, sodas italianas, caipirinhas, tequilas, vinhos, doses de whisky e drinks como Gin Tônica, Aperol Spritz, Cuba Libre e Cozumel.
O público também pode participar do sorteio de duas entradas e duas caipirinhas, válidas para o sábado, que o Quintal do Jajá promove no seu perfil no Instagram durante a semana. Já o aniversariante que levar, pelo menos, dez amigos para a comemoração na feijoada ganha a sua entrada e uma caipirinha ou caipiroska.
O bar, que aceita cartões de débito e crédito, fica na Rua 15 nº 538, no Setor Central, em Goiânia, em frente à Praça Dr. Carlos de Freitas. Os clientes podem obter mais informações, tirar dúvidas e fazer reservas pelo telefone (62) 98169-7100.

Serviço
Feijoada no Quintal do Jajá com show de Pedro Jordão – Homenagem a compositores da Portela e da Mangueira
Data: 08/02 (sábado)
Horário de abertura da casa: 12 horas
Horário do show: 13h30
Local: Quintal do Jajá (Rua 15, nº 538 – Setor Central)
Contato: (62) 98169-7100
Entrada: R$ 38 (inclui feijoada à vontade)