A Casa de Leodegária – Residência Artística, novo espaço cultural da cidade de Goiás, fará uma sessão de reexibição do longa-metragem Terra e Luz, de Renné França, no Cineteatro São Joaquim. A sessão acontecerá na sexta-feira (16/08), às 20 horas, e contará com a presença de parte do elenco e da equipe, além do diretor. Haverá um bate-papo com a plateia, após a exibição do filme.

A sessão é realizada em parceria com o projeto de extensão Núcleo de Produção Digital (NPD Goiás), coordenado pelo professor do IFG – Campus Cidade de Goiás, Renato Naves Prado. O projeto de extensão NPD Goiás, do qual participam estudantes monitores dos cursos de audiovisual do IFG, trabalha em três eixos: apoio à produção independente; preservação, memória e acervo; e mostras com debates. O evento tem o apoio do Café Jasmim – Empório e Bistrô e do Governo de Goiás.

“Terra e Luz”, de Renné França

Um longa-metragem vilaboense de pós-apocalipse vampiro. Gravado de dia, com luz natural, no cerrado goiano. Feito sem nenhum financiamento. Nenhum. Por um diretor estreante que nunca havia feito nada até então.

Terra e Luz estreou em janeiro de 2017, na Mostra de Cinema de Tiradentes. Ganhou o prêmio de Melhor Filme no FANTASPOA – maior festival de cinema fantástico da Americana Latina, realizado em Porto Alegre. Também recebeu menção honrosa de melhor longa-metragem latino-americano no MACABRO, festival de horror e fantasia da Cidade do México, e menção especial do júri no Festival Europeu de Cinema Fantástico, na França. Recebeu também o prêmio de Melhor Diretor de longa-metragem no Rio Fantastik Festival.

Renné França, roteirista e diretor do filme, é pós-doutor em Comunicação Social e professor de teoria no curso de Cinema do Instituto Federal de Goiás. Renné até então era um teórico que jamais havia pisado num set de filmagem.

O longa Terra e Luz foi realizado com o trabalho voluntário de alunos e professores do curso de Cinema do Instituto Federal de Goiás, que fica na Cidade de Goiás, de apenas 23 mil habitantes, e que não tem sala de cinema comercial.

Terra e Luz foi gravado em fazendas do entorno da Cidade de Goiás, com algumas cenas na Serra Dourada e à beira do Rio Araguaia (Aruanã). Foi filmado com apenas uma câmera e teve custo de cerca de 6 mil reais. Após sua trajetória em vários festivais, Terra e Luz chegou às plataformas digitais em Video on Demand distribuído pela O2 Play. O filme está disponível na Net Now, iTunes, Vivo Play, Google Play, Looke e Youtube.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=NtHr7uruyNs&t=15s

 

Serviço:

 

Filme: Terra e Luz (2017)

Diretor: Renné França

Local: Cineteatro São Joaquim

Endereço: Rua Moretti Foggia, Centro, Cidade de Goiás

Data: 16 de agosto

Horário: 20 h

Entrada franca.