Mais uma noite de The Voice Brasil com fortes emoções! Na terça-feira, 1 de dezembro, 13 vozes se enfrentaram na terceira Rodada de Fogo, que foi ao vivo e com uma música definida pelo próprio participante. Os técnicos Brown, IZA, Lulu e Teló seguiram com a missão de escolher quem avança na competição. Sem bloqueios ou “pegueis”, o candidato eliminado deixou automaticamente a competição.

Pelo Time Teló, Manso abriu as apresentações com “93 Million Miles”, de Jason Mraz. “Canta suave, seu timbre é lindo. Muito bonitas suas escolhas dentro da canção”, destacou Teló. Teló escolheu Thalita Maciente e Manso, e Sofia Moreno deixou a competição.

 

Trajetória de Manso no The Voice Brasil

O cantor goiano Manso foi aprovado na 1ª fase da competição da 9ª temporada do The Voice Brasil. O programa estreou no dia 15 de outubro, na tela da TV Globo. Manso teve sua participação transmitida no dia 27 de outubro, cantando a música Gravity, de John Mayer e teve o privilégio de ver os quatro jurados virarem as cadeiras.

Manso ouviu cada jurado com muita atenção, mas quem conquistou seu coração foi Michel Teló. Teló falou que Gravity é a música favorita dele, tema do seu casamento com a apresentadora Thaís Fersoza, imagine a satisfação de Manso em ter interpretado essa canção.

No dia 19 do mês passado, na fase das Batalhas, Manso duelou com o mineiro Dan Gentil. Eles fizeram uma belíssima interpretação da música Take me to Church, do cantor Hozier. A música traz uma importante reflexão social para os tempos atuais sobre preconceito de gênero. Manso teve sua performance elogiada e saiu vitorioso, garantindo a permanência no programa e no Time Teló.

Mais sobre Manso
Fernando Manso, mais conhecido como Manso, sobrenome adotado como nome artístico desde o início da carreira, é um cantor, músico e compositor goiano que, após conquistar os palcos de teatros e festivais regionais, ganha cada vez mais espaço no cenário da música nacional. Com 11 anos de carreira, o cantor dedica seu talento nos gêneros pop, indie e folk para mostrar que Goiás tem muito talento a oferecer. Além do trabalho autoral, Manso é um dos músicos/cantores mais disputados na Capital em eventos sociais e casamentos.

Sua carreira na música de forma profissional começou em 2009, quando foi convidado pelo produtor cultural Carlos Brandão para retomar o projeto Segunda Aberta, que abria espaço para músicos se apresentarem no Teatro Goiânia Ouro e estava parado desde a década de 80.

No ano seguinte, a carreira do cantor teve uma nova guinada, quando fazia parte de sua primeira banda chamada Hazzi, teve a oportunidade de conhecer grandes palcos e se descobrir ainda mais como músico. Quando a banda chegou ao fim em 2012, o compositor já fazia shows com seu projeto solo, se apresentava em diferentes palcos e teatros da capital goiana, como Teatro Goiânia e o Centro de Tecnologia do Espetáculo, além de participar de grandes festivais regionais de música como o Bananada e o Vaca Amarela.

Além de seu canal no Youtube, no qual posta vídeos com músicas autorais e covers de artistas como John Mayer e Tiago Iorc, o músico disponibiliza seu trabalho pelas plataformas digitais Deezer e Spotfy, nos quais composições como Assovio, A Mariposa e o Abajur e Coração Trancado somam milhares de views. No final de 2018, o artista lançou seu novo CD intitulado “Desculpe a Demora”, que já caiu no gosto dos fãs e conta com composições antigas e músicas inéditas do cantor.

A história do menino que se apaixonou pelo violão que o tio avô tinha em casa, e precisou juntar dinheiro de lanche para comprar seu primeiro instrumento, chega agora ao palco da TV Globo. O menino, que agora é músico e compositor por profissão, representa o cenário alternativo da música goiana e inicia uma nova fase de sua carreira, a fase do reconhecimento em rede nacional.