O cantor e compositor goiano Pedro Scalon fará show em tributo ao Cazuza no dia 25 de julho, a partir das 20h30, no Cerrado Cervejaria, localizado no setor Bueno. Noite em homenagem a um dos principais poetas da música brasileira promete ser inesquecível, reflexiva, contagiante, dançante e regada de muita diversão.

Esse show não será só uma visita a obra do Cazuza, mas sim uma releitura sobre a poesia do artista. De acordo com Pedro estamos em um momento no qual o ser humano está longe um do outro e cantar Cazuza nos trás pulso, energia de vida. “Acho que muitas das coisas que o Cazuza escreveu tem de ser reeleita no nosso atual momento”, afirma.

Tive algumas experiências muito próximas com a obra do Cazuza e iniciei amizade com a mãe dele, Lucinha Araújo. Ela até já prestigiou meu show! Recebi uma carta dela, na qual pode ser conferida no meu site oficial. Fiquei muito lisonjeado e enobrecido com o reconhecimento do que tenho feito no palco”, relembrou Pedro.

Segundo Pedro Scalon o público esperar uma noite muito contagiante. “Quero levá-los a uma volta no tempo cantando grandes clássicos atemporais da música”, garantiu.

A ligação com o mundo da música

Filho da pianista Viviane Vilela, e neto do compositor e músico Henrique Duarte Netto, o goiano Pedro Scalon, sempre teve a música como um dos principais pilares de sua vida e iniciou os estudos musicais ainda aos sete anos de idade. Inicialmente estudou piano em casa, mais tarde passando para o violão e guitarra.

Aos 15, já como músico profissional, formou várias bandas, se apresentando em shoppings, festas, bares e eventos. Sempre influenciado por várias bandas consagradas do rock e pop internacional, com repertório envolvendo além do rock, MPB, blues e jazz, com 16 anos, Pedro começou a estudar canto. E ao longo dos anos foi desenvolvendo vários projetos musicais e tributos a bandas como Beatles, Queen, John Mayer, Gary Moore e Bon Jovi.

O artista também atua como professor de guitarra, violão, piano e canto, tendo trabalhado em escolas renomadas em toda a cidade. Em seu currículo constam vários cursos de formação com professores como Mozart Mello, Edu Ardanuy, André Matos, Lanny Gordin, Michel Lemme, Rafael Bittencurt entre outros.

Em 2013 o músico lançou o disco Nas Margens do Tempo, que teve produção de Wellerson Cássio. O material trouxe nove faixas de sua autoria, incluindo Sete Noites no Deserto, que lhe rendeu o prêmio de melhor compositor no Festival dos Violeiros, em Goiânia, além de duas regravações. Já com o Vídeo Clipe da música “Totens”, também de sua autoria, foi finalista do concurso “Garagem do Faustão”, promovido, em outubro de 2012, pelo programa do Domingão do Faustão, da Rede Globo.

Pedro também é conhecido por se dedicar a tributos a dois artistas épicos, Cássia Eller e Cazuza. Este último lhe rendeu muitos elogios, não só de crítica e público como também os cumprimentos de Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, que chegou a publicar, no site oficial do filho, uma matéria falando sobre o trabalho de Pedro e tecendo elogios ao show, além de presenteá-lo com a réplica da bandana que Cazuza usava, tradicionalmente, em seus shows

Serviço
Pedro Scalon – Tributo ao Cazuza
Data: 25 de Julho de 2019
Horário: a partir das 20h30
Local: Cerrado (Endereço: Av T-3 com T-55 nº 2456 setor Bueno)
Valor do ingresso: R$ 20,00
Informações: (062) 9 8178-7775 / 3274-4615