No próximo dia 31, a cidade de Trindade, na região metropolitana de Goiânia, completa 99 anos, mas já no dia 27, às 9h, o município ganha seu primeiro presente: o lançamento da pedra fundamental do Parque dos Romeiros, uma área verde e de lazer com aproximadamente 8.600 metros quadrados, e que será entregue à população até maio de 2020.
O parque será construído numa área pertencente ao recém-lançado condomínio Parqville Quaresmeira, empreendimento da Cinq Desenvolvimento Imobiliário, empresa que está realizando o projeto e as obras da nova área de lazer. Localizado às margens da Rodovia dos Romeiros (GO-060), o espaço será aberto à comunidade e servirá também como suporte para os visitantes da romaria ao Divino Pai Eterno, em Trindade. O lançamento da pedra fundamental contará com a presença do do prefeito de Trindade, Jânio Darrot, e de outras autoridades locais.
Projetado pelo renomado arquiteto e paisagista Guilherme Takeda – cujos projetos são conhecidos por suas propostas de coabitação harmoniosa entre pessoas e natureza – o Parque dos Romeiros será a primeira área verde da cidade destinada ao lazer, convivência e religiosidade.
O espaço contará com pista de skate, pomar com frutas típicas da região, área coberta para que a população possa realizar eventos, como feiras, palestras, entre outros. O parque contará também com duas Estações do Romeiro que servirão como paradas para momentos de oração. Nesses dois locais dentro do parque serão colocadas duas estátuas de bronze que farão homenagem às famílias e aos carreiros. “Entendemos que por estar na GO-060, que é um dos locais mais simbólicos para a espiritualidade em Goiás, seria interessante oferecer para a sociedade e para o público que frequenta Trindade em devoção de fé,  um local que sirva como apoio e também como referência para essas pessoas”, explica Eduardo Oliveira, diretor da Cinq.
Sobre o PaqVille Quaresmeira
O empreendimento recém-lançado em Trindade, na Grande Goiânia, terá 40% de seu total de 412.566 metros quadrados destinado à natureza e à prática de atividades físicas. Serão 120 mil metros quadrados, um terço do terreno, destinados para área de preservação, matas, lago com praia e  à prática de atividades física como corrida, caminhada, tênis, futebol, vôlei, futevôlei, parques infantis, natação e ciclismo. E a vida em comunidade também está presente nas praças, capela ecumênica e salão social.
Com 434 terrenos, cujas metragens variam entre 264 e 905 metros quadrados, a área de 8,5 alqueires do empreendimento poderia abrigar mais lotes, porém o projeto urbanístico e arquitetônico preferiu preservar e investir no verde e equipamentos de lazer e convivência.