A partir da premissa de que qualquer pessoa pode ser artista, a Urban Arts provou que um reduto para criadores independentes não apenas fomenta o mercado como também é porta para novos trabalhos. Em 2019, completa-se dez anos que o fundador, André Diniz, deu o pontapé inicial para a plataforma e esse marco não poderia passar batido. Para comemorar a trajetória e prestigiar todos os profissionais que fazem parte dessa história, os empresários Filipe e Johana Câmara realizam um coquetel de aniversário no dia 29 de outubro, ocasião em que também será lançado o livro de celebração dessa primeira década.

 

As quase 200 páginas do livro 10 Anos Espalhando Arte refletem as possibilidades geradas pela própria galeria, com pessoas que se descobriram artistas e agora vivem de arte. Além disso, também apresenta tanto a história da plataforma quanto projetos que extrapolam conceitos, idealizados por fotógrafos, designers, arquitetos e outros profissionais. São mais de 20 lojas físicas espalhadas por todo o Brasil e um acervo com 100 mil obras disponíveis.

 

Além de aprofundar nos princípios da empresa e nas ideias do processo de criação, a obra reflete os desejos e ambições para o futuro. Não somente isso, Filipe ressalta que o livro pode inspirar pessoas a verem a arte como algo possível para a vida delas. “Você não precisa ser famoso para fazer arte. Se você fizer um trabalho que alguém goste, você já está sendo reconhecido”. Muito mais do que valorizar a Urban Arts, a obra também é um espelho de quem já passou por lá e das pessoas atingidas pela proposta inovadora.

 

De impressão em tela, papel fotográfico e metacrilato, os trabalhos dos mais de 4 mil artistas catalogados podem ser adquiridos de maneira personalizada. Um novo tipo de mercado para exposição nacional, como afirma o empresário. Não é à toa que o livro conta com dois projetos de Goiânia para compor a história da galeria. “Fiquei muito orgulhoso de ver trabalhos que nós acompanhamos o nascimento sendo representados nessa obra marcante”, revela Filipe.

 

Abraçada pelos goianienses desde a abertura, a unidade em Goiânia completou um ano no primeiro semestre de 2019 e se destaca como um ponto de valorização dos artistas e clientes da região. “A cidade recebeu muito bem a marca. Arte não é só pintura. Fotografias e trabalhos digitais também resultam em arte. Existe um mundo muito maior e as pessoas daqui estão se atentando mais a isso devido a galeria”, explica Filipe. Além de música ao vivo, o coquetel de celebração também terá algumas cópias do livro à venda.

 

Serviço:

Aniversário de 10 anos da Urban Arts

Quando: 29 de outubro (terça-feira);

Horário: das 19h às 23h;

Local: Alameda Dom Emanoel Gomes, Qd.: 236, Lt.: 16, no Setor Marista.