Zélia Duncan traz para o palco do Teatro Prudential, dia 19 de junho, o show inédito do álbum Pelespírito, que marca 40 anos de sua carreira. Ainda sem público, em respeito à vida, a cantora vai se apresentar ao lado do poeta e músico pernambucano Juliano Holanda, seu parceiro nas quinze canções do álbum, e Webster Santos, que também assina a produção. “Ainda estamos num momento delicado, onde a consciência pede o isolamento social, sempre que possível. Vamos mais uma vez deixar que a música faça a ponte entre nós. A gente se protege de longe, porém juntos no desejo de ajudar esse momento a passar, para que o quanto antes, possamos estar perto de novo“, afirma Zélia. O show será transmitido na plataforma do teatro, e as vendas serão através do site da Sympla.

O repertório do álbum foi todo produzido durante a pandemia e, segundo Zélia, é um pequeno retrato do que andamos vivendo nestes tempos. Ouvi-lo na ordem proposta pela cantora, revela as fases comuns a todos nesta quarentena: o se sentir estranho (Pelespírito), mirar os olhos para o belo quando se precisa ver o mundo da janela (Eu Moro Lá), encarar “300 anos” (Nas Horas Cruas), amar simplesmente (Nossas Coisinhas), encontrar a alegria dentro da tristeza (Raio de Neon) e buscar saídas (Onde É Que Isso Vai Dar?)

Tenho muito orgulho de comemorar 40 anos de carreira com um álbum de músicas inéditas. Isso não é fácil. Em um mundo no qual todos querem tudo mastigado, é importante manter esse frescor“, diz Zélia, que já soma 15 álbuns lançados. Outra data importante são os 20 anos do álbum Sortimento, o que tem Alma, um de seus grandes sucessos.

Como parte do valor arrecadado com a bilheteria será doado para um projeto social atuante no combate à fome durante a pandemia, disponibilizamos vários valores de ingressos para que o público possa contribuir mais ou menos, de acordo com a sua possibilidade e vontade.